Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 16-06-2008

SECÇÃO: Concelho em acção

F A I A
GRANDES OBRAS VIRAM DO AVESSO A FREGUESIA

Variante da A7 a Cabeceiras rasgou a Faia a meio
Variante da A7 a Cabeceiras rasgou a Faia a meio
A população da Faia está a passar por um momento único da sua vivência. O ano de dois mil e oito ficará certamente registado para sempre no historial desta freguesia e nas memórias dos seus laboriosos habitantes. Isto porque ali decorrem em simultâneo, um conjunto de obras que pela sua dimensão, transformaram o coração da freguesia num enorme estaleiro, onde trabalham, noite e dia, muitas pessoas na construção de infraestruturais, (pontes, aquedutos, viadutos, etc.) camiões e maquinarias num vaivém contínuo de movimentação de terras.
Estamos a referir-nos à construção da Variante à EN 205/EN210, entre o Nó da Auto-estrada em Arco de Baúlhe e a zona de Lameiros, cujo rompimento rasga o território da freguesia ao meio, com enormes desaterros, como o que se verifica entre o lugar da Tojeira e a Escola Primária, e grandes viadutos em betão armado, como o que está a nascer sobre o vale de Candedo.
Paralelamente a este grande investimento financiado pelo Governo, outras obras não menos importantes estão a desenvolver-se actualmente na Faia. Estas outras, são da responsabilidade dos autarcas locais, da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia e a elas no iremos referir seguidamente.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.