Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 26-05-2008

SECÇÃO: Informação

Socialistas querem ganhar três câmaras ao PSD nas autárquicas de 2009

O presidente da Federação do PS de Braga, que ocupa também o cargo de Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Engº Joaquim Barreto, em declarações à agência Lusa, disse à margem desta Convenção, que o PS Braga tem como objectivo político, nas eleições autárquicas de 2009, a conquista de duas a três câmaras ao PSD, tornando-se, de novo, o partido maioritário no distrito. O presidente da distrital socialista de Braga adiantou que, para além de uma eventual reconquista das câmaras perdidas nas anteriores eleições autárquicas - Póvoa de Lanhoso e Vieira do Minho - o PS aposta em retirar outra câmara ao PSD. “Não vou apontar municípios em concreto, por razões de oportunidade política”, declarou. Recorde-se que no distrito de Braga, o PSD lidera com oito câmaras municipais, tendo o PS a gestão de seis.

Novo quadro comunitário de apoio apresenta novas oportunidades

Os Presidentes da Comissão Política do PS de Terras de Bouro e Vila Nova de Famalicão, o Presidente da Federação de Braga e o Deputado António José Seguro
Os Presidentes da Comissão Política do PS de Terras de Bouro e Vila Nova de Famalicão, o Presidente da Federação de Braga e o Deputado António José Seguro

Joaquim Barreto, a propósito da Convenção Distrital Autárquica realizada em Terras de Bouro, apresentou um balanço positivo. Estiveram presentes cerca de 120 autarcas socialistas, num salutar debate de ideias.
Esta Convenção foi encerrada pelo deputado na Assembleia da República, António José Seguro, eleito pelo círculo de Braga, que na ocasião, disse que a sociedade portuguesa deve respeitar os autarcas, pois uma das realizações mais evidentes do 25 de Abril foi a instituição do poder democrático local. Para este deputado da nação, os autarcas são verdadeiros timoneiros do desenvolvimento, concretizando obras e implementando políticas sociais, culturais, entre outras conducentes ao bem estar das pessoas. A eles se deve a capacidade de liderança, a capacidade de colocar em cima da mesa projectos de referência mobilizadores de esforços locais, regionais e nacionais que contribuem para aumentar a qualidade de vida dos portugueses. Os autarcas são por isso, parte importante para o projecto do país.
António José Seguro apelou ainda para a necessidade de os Partidos políticos reconquistarem vida própria, não se limitando ao acolhimento das práticas governamentais, procedendo a uma melhor articulação com os seus militantes, ao debate de ideias que devem assumir cada vez mais um papel estruturante nas campanhas eleitorais.
Para além da questão autárquica, os socialistas bracarenses acreditam nas potencialidades do novo quadro comunitário de apoio.
“O QREN possibilitará a concretização do ciclo das infraestruturas no distrito, nomeadamente através de projectos de interesse regional e a aposta na qualificação dos recursos humanos e na inovação”, sustentou Joaquim Barreto.
O líder distrital do PS considera ainda que o distrito de Braga “ está, apesar das dificuldades, na senda do progresso”, “como se comprova com o arranque da construção do futuro Instituto Ibérico de Nanotecnologia e com a conclusão das infraestruturas do AvePark, Parque de Ciência e Tecnologia das Caldas das Taipas, em Guimarães”, frisou.
O AvePark arranca, em Junho, com a inauguração oficial e com o início de actividade de várias empresas.


© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.