Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 24-03-2008

SECÇÃO: Reportagem

AUTARQUIA ENCETA PARCERIAS
CABECEIRAS CRIA ESTRUTURA PIONEIRA PARA A VALORIZAÇÃO DA FLORESTA

A primeira reunião dos fundadores da Régie Cooperativa Terra+Verde decorreu no dia 11 de Março e marcou o primeiro dia da Semana da Floresta, do Cabrito e do Anho. Esta estrutura associativa, com sede em Cabeceiras de Basto, surgiu na sequência de inúmeras conferências e seminários sobre a Floresta, promovidas pelo Município. O debate e a discussão permitiu que todos os agentes ligados ao sector, e tendo em conta a sua importância, concluíssem que esta Cooperativa pode dar um contributo muito positivo na prestação de serviços aos seus associados no ordenamento, povoamento, repovoamento, gestão, preservação e combate aos incêndios florestais, bem como, criar condições para a empresarialização do sector florestal.

Os Javaleiros entoando cantos em defesa da Floresta
Os Javaleiros entoando cantos em defesa da Floresta
Com cerca de 80 por cento do seu território ocupado pela floresta, o Município de Cabeceiras de Basto, pretende através da Terra + Verde, «aliar entidades públicas, baldios, proprietários e UTAD» e «promover a gestão integrada, através da contratualização de serviços, sem nos imiscuirmos na gestão privada de cada um dos associados», referiu na ocasião, o Presidente da Câmara, EngºJoaquim Barreto.
Esta como outras iniciativas levadas a cabo resultam de uma luta intensa que o autarca cabeceirense tem estabelecido, pela valorização da floresta, porque «entendo que é a maior riqueza que o nosso cocnelho tem. Estes passos significam uma união de esforços e a participação de vários agentes e sectores sociais», justificou.

Clube da Floresta
“Os Perdigotos”
Os Perdigotos tomaram posse
Os Perdigotos tomaram posse

No dia 11 de Março, foi igualmente constituído o Clube da Floresta «Os Perdigotos». Composto por 24 alunos, do Agrupamento de Escolas de Refojos, este clube pretende levar a cabo várias actividades relacionadas com a sensibilização e educação da população em idade escolar para a preservação da floresta, através do conhecimento e da importância socioeconómica, cultural, ambiental, bem como da promoção dos comportamentos e das atitudes mais apropriadas para a conservação da floresta e do meio na qual está inserida, assim como na sua defesa contra incêndios. No mesmo dia em que tomaram posse, a Autarquia distribuiu vestuário próprio para a realização de tarefas no meio florestal. «Os Perdigotos» são coordenados pela Profª Manuela Alves. A delegada do Clube é a aluna Helena Maria Barros de Oliveira e os alunos fundadores são: Ana Catarina M. Oliveira; André O. Sousa; Ângela Patrícia M. dos Santos; António Filipe B. Fernandes; Cláudia Isabel M. Coelho; Cláudia Sofia O. Leite; Diana Luísa da S. Faria; Elizabete M. G. Santos; Fernanda Micaela L. Magalhães; Joana M. S. Carvalho; João Paulo M.B. Azevedo;Jéssica F. Luís; José Pedro M. Silva; Pedro Henrique M. Oliveira; Pedro M. Gonçalves Pereira; Ricardo M. Pereira Lobo; Sérgio Filipe B. Pereira; Ricardo Gil G. Coelho; Nelson C. M. Oliveira; José Pedro L. Pereira; João Carlos C. Marques; Pedro Miguel C. Marques e Bruno S. B. C. Abrãao.

Baldios, Câmara, Agrupamentos de Escolas e Bombeiros estabelecem parceria

Durante a Semana da Floresta, do Cabrito e do Anho, foram assinados dois Protocolos de Colaboração, entre os Baldios de Refojos e de Vila Nune, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, os Agrupamento de Escolas de Refojos e do Arco e os Bombeiros Voluntários Cabeceirenses, tendo em vista a criação e instalação de um Parque Florestal, verdadeiro espaço pedagógico, sendo que os Baldios cedem o terreno, o Agrupamento de Escolas faz a gestão do espaço, a Câmara Municipal dá apoio técnico e logístico e os Bombeiros desenvolverão acções de defesa e prevenção da Floresta.

«Javaleiros» recebem fardas

Os 33 elementos que integram o Clube da Floresta «Os Javaleiros», do Agrupamento de Escolas do Arco, receberam vestuário adequado (fardas) para a realização de actividades diversificadas ligadas à defesa e preservação da floresta e do meio ambiente.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.