Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 24-03-2008

SECÇÃO: Opinião

SER-SE ABENÇOADO PELO AMOR…

foto
É ser capaz de perder tempo com aquela flor simples, a fim de que ela não corra qualquer risco;
É ser capaz de correr ofegante pelos dias (tantas vezes pesados), protegendo a tal flor da dor e da solidão;
É ter a ousadia de gritar com força, só para não pisarem a flor com pressas, e obrigações (coisas da sociedade em que vivemos!)…!
Quem assim procede, caminha pelos lados mais luminosos, onde mora enraizado o AMOR!
E, quem tem amor pelas coisas…
Sabe, seguramente, que a vida simples é boa;
Que, o amanhecer faz todo o sentido;
Que o ar frio e gelado do Inverno nos traz a boa nova de mais uma luta… - Uma luta a ser travada com mãos dóceis de quem carrega o perfume do carinho, ao longo da estrada…!
Quem tem amor pelas coisas…
Sabe e conhece o sabor de tomar chá com biscoitos, a meio da tarde;
Sabe o aroma que nos vem quando se está sentado na relva;
Sabe a graça que tem ouvir as histórias dos Homens… - E os disparates daqueles Homens que nunca descobriram a cor que tem o céu, depois da chuva!...
Quem tem amor pelas coisas…
Sabe que o verdadeiro sossego nos chega do barulho que fazem as folhas das árvores quando sopra o vento, e das crianças que gostam de brincar com as mãos cobertas de terra… Ninguém imagina como é importante sujar as mãos para depois ter o gosto de as limpar!!...
Quem tem amor pelas coisas…
Sabe o tempo que ganhou um tal Principezinho em perder tempo com a sua rosa… - É muito difícil, para uma pessoa crescida, imaginar o tamanho da riqueza que o Principezinho ali possuía.
É assim o poder do amor…
O amor verdadeiro está em tudo.
E, se está em tudo, pode mover o mundo!

Por: Magda Teixeira

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.