Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 24-03-2008

SECÇÃO: Informação

Mútua de Basto/Norte festeja 20º aniversário

Ministro Vieira da Silva visitou instalações da Mútua de Basto/Norte
Ministro Vieira da Silva visitou instalações da Mútua de Basto/Norte
Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social anuncia Centro de Novas Oportunidades

O Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Dr. Vieira da Silva, deslocou-se no dia 18 de Março, a Cabeceiras de Basto para presidir à cerimónia evocativa do 20º aniversário da Mútua de Basto/Norte – Associação de Desenvolvimento Rural Mútua de Seguros e Multi-serviços e formalizar a criação de um Centro de Novas Oportunidades.
Assim, após uma visita às instalações desta prestigiada associação concelhia e regional, com cerca de 14 mil associados, deslocou-se ao edifício multiusos do mercado municipal, onde realçou a importância desta jovem instituição mutualista, integrada no que hoje se designa de economia social, prestando serviços às populações e desenvolvendo actividades em determinados territórios onde o Estado nem sempre tem condições de chegar. A propósito, disse que este tipo de associações mutualistas, ocupam hoje um novo lugar, procurando encontrar novas e seguras formas de adequação, face à sociedade actual e às necessidades das pessoas. Referiu ainda, que esta associação de utilidade pública, assenta num projecto consistente e com futuro. A aposta na formação, na inovação, na valorização dos produtos locais, na genuinidade e na especificidade, permitem manter vivas as práticas e os sabores das nossas comunidades, apresentando produtos de qualidade e consequentemente, contribuindo para a viabilização do tecido económico e social destas terras.
O Presidente da Direcção, Engº Joaquim Barreto apresentou a Associação Multi-Serviços à comitiva
O Presidente da Direcção, Engº Joaquim Barreto apresentou a Associação Multi-Serviços à comitiva

Um parceiro para a formação

Aquele membro do Governo, que se fazia acompanhar pelo Secretário de Estado de Emprego, Dr. Fernando Medina, considerou a Mútua de Basto como um parceiro para a área da formação, sendo a partir de agora, uma das 400 instituições que constituem a rede de novas oportunidades. «Através destes centros, procura-se dar resposta a quem almeja a valorização, a formação e a escolarização. A Mútua de Basto, está em condições de dar uma resposta adequada, de qualidade, de rigor e de exigência, estando certamente à altura do desafio que lhe é colocado», referiu o governante.
O governante enalteceu o trabalho desenvolvido por esta associação em prol do desenvolvimento rural
O governante enalteceu o trabalho desenvolvido por esta associação em prol do desenvolvimento rural
Por sua vez, o presidente da direcção Engº Joaquim Barreto, um dos fundadores desta agremiação em Março de 1988, manifestou satisfação pelo trabalho que tem sido levado a cabo ao longo dos últimos vinte anos, através da dinamização de projectos e da prestação de serviços às comunidades, em sectores como, Seguros, Formação Profissional, Inseminação Artificial, Sanidade Animal, Gestão da I.G.P. do Minho, entre muitos outros no sentido de criar condições para o desenvolvimento rural das Terras de Basto, tendo em vista a fixação da população e a melhoria das suas condições de vida.
O Engº Joaquim Barreto proferiu algumas palavras alusivas à efeméride
O Engº Joaquim Barreto proferiu algumas palavras alusivas à efeméride
Perante autarcas, agricultores, dirigentes associativos, deputados da Assembleia da República, responsáveis por serviços desconcentrados do Estado e demais convidados, o Engº Joaquim Barreto considerou a Mútua como uma instituição determinante no processo de desenvolvimento desta região. Desde muito cedo as suas actividades passaram de um cariz meramente sectorial, vocacionadas para a prestação de serviços nas áreas do melhoramento animal e da preservação do património genético das raças autóctones, para uma intervenção mais abrangente e pro-activa, na promoção de acções de valorização profissional, de qualificação para a cidadania e de uma verdadeira participação inclusiva das pessoas mais vulneráveis a fenómenos de exclusão e de pobreza.

O Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social descerra a placa alusiva à sua visita à Mútua acompanhado pelo Secretário de Estado do Emprego, Dr. Fernando Medina
O Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social descerra a placa alusiva à sua visita à Mútua acompanhado pelo Secretário de Estado do Emprego, Dr. Fernando Medina
Uma associação de multi-serviços

Alvo de uma recente alteração estatutária, ao nível de uma intervenção mais ampla, no que respeita à tipologia dos serviços a prestar, a Mútua tem hoje influência geográfica em todo o Norte do País. Além da experiência demonstrada na formação profissional agrária, a Mútua de Basto, pretende agora, contribuir para aumentar a qualificação e a escolarização da sua população, através da valorização dos percursos pessoais e profissionais, educativos e formativos, não ficando por isso, indiferente à iniciativa “Novas Oportunidades”. Um projecto que irá promover educação e formação de adultos que não tenham completado o 4º, 6º, 9º e 12º ano de escolaridade, dando desta forma resposta às necessidades individuais, formativas e de procura de valorização pessoal. O trabalho desenvolvido, os resultados obtidos e a dinâmica instalada confirmam a justeza da decisão de criação desta instituição que almeja novos caminhos na senda do desenvolvimento da região e das suas gentes, concluiu o presidente da direcção da Mútua de Basto/Norte.
Valorização dos produtos locais, uma aposta da Mútua
Valorização dos produtos locais, uma aposta da Mútua

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.