Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 11-02-2008

SECÇÃO: Concelho em acção

PASSOS

foto
No Caminho da Portela do Meio - Valeta perigosa foi manilhada

No lugar da Portela, desta Freguesia, existe um caminho antigo – o do Meio - pavimentado em calçada, muito estreito, que serve apenas para uso pedonal. Mesmo assim, sempre foi muito utilizado por pessoas e animais, pois faz atalho entre o povoado e a estrada Municipal, com ligação aos campos agrícolas, à Igreja paroquial e ao centro da Freguesia.
Na berma da referida calçada, quase encoberta pelos arbustos que brutavam dos velhos muros de vedação, existia um rego, ou levada, uma valeta funda que o tempo criou, com mais de meio metro de profundidade e uns quarenta centímetros de largura, uma verdadeira armadilha, um perigo constante para quem por ali passasse, sobretudo à noite. Consta até que houve quem ali caísse e animais que ali partiram as pernas.

Alertada para a situação a Câmara Municipal mostrou-se sensível aos apelos da população local e logo providenciou a colocação de tubos de pvc de grande dimensão para a conduta das águas numa distância aproximada de cinquenta metros, nivelando-os em cimento pela calçada existente.
Eliminou-se assim o perigo, com uma outra vantagem, a do alargamento do caminho em cerca de meio metro, o que possibilita agora a circulação de carros ligeiros.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.