Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-12-2007

SECÇÃO: Desporto

Ivo Fernandes
Campeão Nacional de Iniciados de Motocross

Ivo Fernandes é um jovem Cabeceirense com 14 anos de idade que se vem destacando no panorama nacional do desporto motorizado, mais precisamente na modalidade de Motocross. Estudante na Escola EB 2 e 3 de Cabeceiras de Basto, sagrou-se na época desportiva que findou Campeão Nacional de Iniciados de Motocross.
E.B. - O Campeonato este ano acabou. Certo?
I.F. - Sim, para este ano acabou, tendo sido a última prova em Lousada, onde consegui o 1º Lugar nas duas mangas realizadas nessa pista.

foto
E.B. - A época já terminada correu como esperavas?
I.F. - Correu bem no geral. Fui Campeão Nacional de Iniciados. Tive no entanto, um pequeno percalço no início que me condicionou a participação nas duas primeiras provas por causa de uma lesão no pulso. Mas mesmo assim consegui recuperar. Com algumas dificuldades, o que é normal, e ainda com a confiança e o trabalho, meu e da equipa, consegui não só recuperar os pontos perdidos nas duas primeiras provas, como até aumentar a distância em relação aos mais directos adversários, conseguindo ainda assim a conquista do título.
E.B. - Além das provas realizadas para o Nacional, tiveste mais algumas?
I. F. Sim tive outras provas realizadas quer em Portugal, quer no estrangeiro, onde participei em duas provas, uma na Holanda e outra na Itália.
E.B. O Campeonato é constituído por quantas provas? Quantas foram as que tu participaste?
I. F. - Não sei ao certo, mas o normal é 10 provas para o nacional. Este ano corri em 7 ou 8 provas.
E. B. – Como conseguiste os pontos para a classificação?
I.F. - As provas são constituídas em duas mangas cada, tendo cada manga uma pontuação para o lugar ocupado pelo corredor. Por exemplo o primeiro da manga ganha 25 pontos, o segundo 22 pontos e o terceiro 20 pontos. É assim feita a classificação em todas as provas.
E.B. - No próximo ano vais correr na mesma categoria? E pela mesma equipa?
I.F. - Não, este ano corri para o Nacional de Iniciados, mas para o ano vou subir para a categoria superior que é a classe MX2. A mota em que vou correr vai ser outra. Na época anterior corri com uma de 85 cm3 a dois tempos. Mas no próximo ano, vou correr com uma moto 250 cm3 a quatro tempos.
Sim, vou correr pela mesma equipa onde estou muito satisfeito, já que me dão condições para continuar. A equipa é MX KTM HRT (Hard Racing Team).
E.B. Quando vai começar a nova época?
I.F. - A nova época vai começar em Fevereiro. A primeira prova será na pista de Lousada. Já estou a preparar a próxima época. Já comecei a pré época com o intuito de conseguir alcançar um bom resultado e fazer um bom campeonato.
E.B. - Esperas conseguir o mesmo feito na próxima época?
I.F. - Espero que tudo corra bem. Sei que vai ser mais difícil pois vou estar numa classe superior e mais competitiva, mas espero ficar pelo menos nos cinco primeiros lugares da tabela classificativa no final do ano. Mas com o apoio que tenho e que espero ter, como tenho tido até agora da minha família, equipa e dos meus amigos, espero conseguir os meus objectivos para a próxima época. Os apoios que tenho tido, tem sido muito importantes para alcançar tudo aquilo que consegui.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.