Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-10-2007

SECÇÃO: Região

No âmbito da geminação com Neuville Sur Saône
Cabeceiras de Basto acolhe jovens franceses

Cabeceiras de Basto acolhe de 28 de Outubro a 4 de Novembro, um grupo de sete jovens franceses acompanhados por dois monitores que aqui se deslocaram para conhecer um pouco mais sobre esta terra irmanada com Neuville-Sur-Saône.

Jovens franceses recebidos na Câmara Municipal
Jovens franceses recebidos na Câmara Municipal
Trata-se de um Município francês, da região de Lyon, que há uma década atrás, assinou um acordo de geminação com Cabeceiras de Basto e a partir do qual têm sido estabelecidos contactos e reforçados laços de amizade entre estes dois povos luso-franceses.
A partilha de experiências e de conhecimentos, os intercâmbios sócio-culturais e a promoção das potencialidades económicas das duas terras, têm contribuído para aproximar estas comunidades, assim como para ajudar a construir uma Europa cada vez mais sólida.
É neste âmbito que se insere a visita dos jovens franceses, que durante a sua estada no concelho, puderam contactar com as realidades locais, participar em diversas actividades lúdicas e pedagógicas, assim como ficar a conhecer a região de Basto e algumas localidades do distrito de Braga e Porto.
Assim, desde o trabalho comunitário que desenvolveram através da limpeza de vários espaços públicos, nomeadamente, no Centro de Educação Ambiental de Vinha de Mouros e no Centro Hípico, em Moinhos de Rei, no Parque Geriátrico ou na Praia Fluvial do Poço do Frade, em Refojos, associado a um programa de visitas a equipamentos culturais, educativos e desportivos do concelho e da região, até à participação na Festa do Estudante, à realização de actividades desportivas conjuntamente com jovens portugueses e à recepção na Câmara Municipal pelo presidente da edilidade, Engº Joaquim Barreto e pela vereadora do pelouro Profª Stela Monteiro, foi-lhes proporcionado um programa diversificado que, segundo apuramos, registou o seu agrado.
Os jovens que aqui se deslocaram frequentam habitualmente a Casa de Jovens e da Cultura de Neuville-Sur-Saône, que pela primeira vez levou a cabo uma iniciativa deste género. Ao que apurámos, esta colectividade apoiada pela Câmara de Neuville-Sur-Saône, desenvolve, no dia a dia, iniciativas de cariz sócio cultural, desportivo, educativo/formativo e recreativo com vários grupos, em prol da ocupação salutar dos tempos livres da juventude que reside naquele município francês. De origem portuguesa, José Marques, um dos monitores que integrou a delegação, salientou a importância desta visita a Portugal, que proporcionou aos visitantes o contacto com novas realidades, seja ao nível dos costumes, da gastronomia ou da língua.
Para a Autarquia esta é mais uma iniciativa bem sucedida realizada no âmbito do processo de geminação, que visa abranger o maior número possível de pessoas de diferentes faixas etárias, em torno deste projecto. Recorde-se que naquela localidade francesa de Neuville-Sur-Saône, trabalham e residem muitos portugueses, muitos deles com raízes cabeceirenses, que ali encontraram acolhimento aquando do surto de emigração que Portugal atravessou na década de sessenta/setenta.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.