Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-10-2007

SECÇÃO: Desporto

Motocross
Ivo Fernandes Campeão Nacional de Iniciados

O Cabeceirense Ivo Fernandes sagrou-se Campeão Nacional de Motocross na categoria de Iniciados. A confirmação deste título aconteceu nos Açores, na última jornada desta competição.

foto

Ivo Fernandes é o novo campeão nacional de motocross iniciados. O jovem do Hard Racing Team conquistou a coroa na pista de Santana, na Ilha de S. Miguel, onde alinharam 21 pilotos do escalão de Iniciados para a oitava e última ronda do Campeonato. À partida, os três primeiros classificados estavam bastante separados na tabela de pontos, e como nenhum deles conheceu contratempos significativos, a hierarquia confirmou-se em pleno.
Aos 14 anos, Ivo Fernandes é uma das maiores promessas do motocross nacional, e o mais jovem piloto das equipas MX KTM HRT, que alcançou o pódio e registou excelentes resultados a nível internacional.
Numa organização da Rosinhas V. Clube, a prova denominada Grande Prémio dos Açores, contou com uma bonita moldura humana, numa pista que agradou ao público e com um traçado excelente para as corridas. Em jogo esteve a disputa do título nacional de iniciados entre Ivo Fernandes e Duarte Claro. No entanto ao cabeceirense bastava o 9º lugar para alcançar a primeira posição.
Na primeira maga Duarte Claro comandou desde o início e até ao fim, e venceu, mas foi sempre pressionado por Ivo Fernandes. Na segunda manga da prova a situação inverteu-se e o Ivo Fernandes ascendeu ao comando ainda durante a volta inaugural, nunca mais perdendo a posição, apesar da luta movida por Duarte Claro, durante parte da corrida. Diogo Ventura bisou no terceiro lugar. Duarte Claro sagrou-se vice-campeão.
foto

Concorrência à altura

O motoqueiro Ivo Fernandes apresentava no final da prova grande satisfação, pois tinha alcançado os seus objectivos. Em declarações à imprensa Ivo Fernandes considerou trata-se de uma boa prova. A concorrência esteve à altura, apesar de na segunda manga se apresentar um pouco mais solto porque já era campeão, bastando-lhe apenas completar a prova, tentar alcançar o lugar mais alto do pódio e sagrar-se campeão.
O campeão disse ainda tratar-se de um campeonato merecido, que veio compensar o do ano anterior que devido a várias lesões não conseguiu concluir, não participando mesmo em algumas das provas agendadas.
Agora é tempo de seguir em frente e planear a próxima época.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.