Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-08-2007

SECÇÃO: Região

Pela Câmara
Município apoia colectividades

A Associação D. C.S. João Baptista de Bucos
A Associação D. C.S. João Baptista de Bucos
Sob a presidência do Eng.º Joaquim Barreto, reuniu no dia 16 de Agosto, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Segundo informação divulgada, dos assuntos tratados o destaque foi para a decisão do executivo municipal em apoiar associações e colectividades, tendo em vista a prossecução de várias iniciativas previstas nos respectivos Planos de Actividades.
A Câmara Municipal, decidiu assim, atribuir o valor global de 11.727,13 Euros, a distribuir por quinze agremiações de natureza diversificada, nomeadamente, desportiva, social, económica e cultural, cujas acções desenvolvidas contribuem, directa ou indirectamente, para o bem estar, o desenvolvimento e a ocupação salutar dos tempos livres dos Cabeceirenses.

Valorizar as tradições

De destacar o apoio concebido à Associação Desportiva e Cultural S. João Baptista de Bucos, que desde a sua fundação, em 1980, tem vindo a centrar a actividade na divulgação do tradicional jogo do pau, mas também a organizar acções sócio-culturais e recreativas, com incidência nos jogos tradicionais tais como o jogo da porca, da malha, do malhão, o tiro aos pratos, entre outros, que recriam e promovem. Esta prestigiada associação concelhia, dispõe ainda de uma escola infantil para jogadores do pau, apresentando um vasto currículo de actuações, quer seja no concelho, no país ou no estrangeiro e projectando, desta forma, o nome de Cabeceiras de Basto.

Apoiar o futsal infantil

Destaca-se também o apoio concedido à Associação Desportiva, Recreativa e Cultural Águias de Painzela, destinado a apoiar a equipa de Futsal infantil masculino. Trata-se de uma modalidade em crescente evolução, de grande importância para as crianças do concelho e da freguesia de Painzela em particular, que mobiliza dezenas de jogadores, que desta forma ocupam de forma salutar o seu tempo livre. Actualmente, esta equipa está inscrita na Associação de Futebol de Braga e participa no campeonato da modalidade.

Dinamizar o atletismo

O Grupo Desportivo de Cavez recebeu igualmente uma verba significativa destinada a apoiar a realização das provas de atletismo que tiveram lugar nos dias 23 e 24 de Agosto, integradas na programação das Festas de S. Bartolomeu que decorreu naquela vila de Cavez e onde, anualmente, participam anualmente, dezenas de atletas.

Outros apoios atribuídos

De destacar ainda neste “pacote” o apoio atribuído à ARDCA – Associação Recreativa, Desportiva e Cultural de Abadim pela realização de actividades direccionadas para a ocupação dos tempos livros dos mais jovens; à Associação Nacional de Criadores de Raça Barrosã, com sede no concelho de Montalegre, pelo incentivo prestado à criação das raças autóctones, nomeadamente a raça barrosã, através da promoção de vários concursos onde participam dezenas de produtores, quer daquele Município, quer das terras limítrofes tais como Cabeceiras de Basto, cuja qualidade dos exemplares apresentados a concurso alcançam anualmente vários prémios; à Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral – Núcleo de Guimarães e à Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga, pelo apoio prestado aos cidadãos do concelho portadores das referidas deficiências; ao Grupo Motards “Os Bastos” pelas acções levadas a cabo em prol do desporto motorizado; à Associação de Judo das Terras de Basto – JUDOBASTO, pela prática e dinamização desta modalidades desportiva no concelho; à Associação Recreativa e Cultural Bombos da Orada, pelo fomento deste tipo de cultura popular, cuja participação em festas, romarias, certames e eventos contribui para manter e fomentar uma tradição muito arreigada nestas terras de Basto; à Associação Cultural, Recreativa, Educativa e Desportiva S. Tiago da Faia, pela promoção da prática desportiva e a ocupação dos tempos livres dos habitantes daquela freguesia, sobretudo as camadas mais jovens da população; à Associação R. D. C. Social “Os amigos da Faia” pela prossecução de actividades de índole recreativo, cultural, lúdica e desportiva; à Liga dos Combatentes – Núcleo Regional de Braga, pela dinamização de diversas acções em prol de todos quantos combateram ao serviço da Nação.
Ao apoiar a realização destas iniciativas, a Câmara Municipal está, segundo nota divulgada, a contribuir para fomentar o associativismo, cuja dinâmica contribui para o desenvolvimento sócio-económico, cultural e desportivo de Cabeceiras de Basto. É também uma forma de reconhecimento por parte da autarquia pelo trabalho desenvolvido por estas associações e colectividades, muitas vezes em parceria com a própria Câmara Municipal.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.