Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-08-2007

SECÇÃO: Região

UM MILHAR DE PESSOAS EM MEGA JANTAR DE SOLIDARIEDADE COM JOAQUIM BARRETO

Os autarcas de Braga e de Guimarães, bem como os representantes de todo o distrito marcaram presença neste jantar de amizade e solidariedade
Os autarcas de Braga e de Guimarães, bem como os representantes de todo o distrito marcaram presença neste jantar de amizade e solidariedade
DINÂMICA, CORAGEM, HONESTIDADE, SERIEDADE e DETERMINAÇÃO, foram algumas da palavras utilizadas para definir o autarca Joaquim Barreto, no mega jantar de solidariedade e amizade para com o autarca, que reuniu cerca de um milhar de pessoas, na sequência da ABSOLVIÇÃO de um processo judicial no qual foi acusado de crime de participação económica em negócio, que teve origem em alegações falsas e infundadas com motivação maldosa, de natureza estritamente político-partidária, despoletado a partir de uma denúncia efectuada em Novembro de 2001, pelo Partido Social Democrata de Cabeceiras de Basto.
O Pavilhão Gimnodesportivo de Refojos tornou-se pequeno para acolher perto de um milhar de amigos, que no dia 3 de Agosto, participaram no Jantar de Amizade e Solidariedade para com o Eng.º Joaquim Barreto, Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Este Jantar, promovido por um grupo de cabeceirenses, amigos de Joaquim Barreto, surge na sequência da decisão do Tribunal Judicial de Cabeceiras de Basto, do passado dia 17 de Julho, de reconhecer a inocência de Joaquim Barreto e de o ABSOLVER do crime de participação económica em negócio, de que estava acusado, a partir de uma denúncia efectuada em Novembro de 2001, pelo Partido Social Democrata de Cabeceiras de Basto.
O Gimnodesportivo de Refojos lotou com cerca de um milhar de pessoas
O Gimnodesportivo de Refojos lotou com cerca de um milhar de pessoas

Alegações falsas e infundadas

Esta acusação do PSD local, tinha como principal objectivo provocar a declaração de inelegibilidade de Joaquim Barreto às eleições autárquicas de 2001, mas também a instauração de procedimento criminal contra o autarca, alegando promiscuidades entre a Câmara Municipal e algumas Associações de que era dirigente ou fazia parte, nomeadamente a Mútua de Basto.
Agora, no momento em que toda a verdade foi conhecida e que não foram provados os factos de que vinha acusado e que se concluiu que o processo teve origem em alegações falsas e infundadas com motivação maldosa de natureza estritamente político-partidária, um grupo de cabeceirenses organizou este mega jantar para, junto do Presidente da Câmara, Joaquim Barreto, lhe afirmar a sua amizade e solidariedade.
Dr. China Pereira encabeçou o numeroso grupo de amigos que se juntou ao Presidente Joaquim Barreto
Dr. China Pereira encabeçou o numeroso grupo de amigos que se juntou ao Presidente Joaquim Barreto
Estiverem presentes, a sua família, os seus amigos mais próximos, os camaradas de lutas político-partidárias e muitos cidadãos anónimos, gente de todos os quadrantes, de Cabeceiras de Basto mas também vindos de todos os pontos do Distrito de Braga, que quiseram assim dar um sinal de confiança ao homem, ao cidadão, ao autarca e dirigente Associativo, Joaquim Barroso de Almeida Barreto, que se viu envolvido nos últimos anos num processo que pôs em causa a sua honorabilidade, seriedade e honestidade.

«O PS precisa destes Homens»

Durante o jantar foram muitas as pessoas que quiseram intervir para afirmar publicamente o seu apoio e solidariedade a Joaquim Barreto. Na oportunidade Mesquita Machado, Presidente da Câmara Municipal de Braga referiu que «Joaquim Barreto é um autarca que nunca desiste quando acredita e é por isso que Cabeceiras de Basto é um concelho em franco desenvolvimento e progresso. Dou os parabéns aos cabeceirenses por sucessivamente, ao longo dos últimos anos, terem vindo a escolher Barreto para liderar os destinos da sua terra».
O jantar contou com a presença de pessoas de vários pontos do distrito de Braga
O jantar contou com a presença de pessoas de vários pontos do distrito de Braga
António Magalhães, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, afirmou: «o PSD está a utilizar o poder judicial para a luta política. Não encontrando outros meios vira-se para os tribunais. A política não é para os medrosos e Joaquim Barreto não tem medo. Os adversários têm consciência do valor de Barreto». Realçou a dinâmica, a coragem e a determinação do autarca Cabeceirense dizendo: «o PS precisa destes homens».
Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, visivelmente emocionado, depois de saudar todos os presentes e de agradecer a presença de tantos amigos afirmou: «Ao longo destes anos sentimo-nos enxovalhados por aqueles que nunca fizeram nada pelo concelho. Apenas lançam suspeições e calúnias e criam factos políticos. A esses não lhes conhecemos qualquer projecto concreto para Cabeceiras. Eles sabem que há obra. Têm inveja e por isso fazem permanentemente a política do bota-abaixo». Para mais à frente acrescentar: «Senti navalhadas por alguns daqueles que antes do 25 de Abril não tinham liberdade de imprensa e que agora, algumas vezes, fazem dela uma arma para atingir a dignidade das pessoas». Joaquim Barreto aproveitou também para lançar um desafio à oposição cabeceirense «façam oposição séria e credível. Apresentem ideias, projectos e propostas concretas que visem o desenvolvimento da nossa terra. Cabeceiras de Basto, a Câmara e o PS precisam dessa oposição».
Representantes de todos os concelhos do distrito de Braga estiveram presentes
Representantes de todos os concelhos do distrito de Braga estiveram presentes
E concluiu: «Acreditei sempre que sairia vencedor desta batalha porque estava de consciência tranquila e actuei no estrito cumprimento da lei e na defesa do interesse público e dos cidadãos da nossa terra. A calúnia e a mentira são próprias dos fracos. E nós somos a favor do respeito, da verdade e do progresso de Cabeceiras de Basto».

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.