Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-07-2007

SECÇÃO: Última Página

Auto-Estrada (A7) ligada à Auto-estrada (A24)
FRONTEIRA DE CHAVES A NOVA LIGAÇÃO À EUROPA

Abriu ao tráfego, no passado dia 27 de Julho, a ligação da auto-estrada nº 7 à auto-estrada nº 24, em Vila Pouca de Aguiar, ponto de intercepção destas duas importantes auto-estradas. A A7 liga Vila do Conde a Vila Pouca de Aguiar, passando por Cabeceiras de Basto, e a A24 liga actualmente Viseu a Chaves (fronteira de Vila Verde da Raia), passando por Vila Real.

foto
Com a abertura desta ligação, o percurso entre Cabeceiras de Basto e Chaves ou Vila Real ficou mais curto do que as alternativas existentes. Na verdade o que antes demorava uma hora e mais alguns minutos a percorrer fica agora a pouco mais de meia hora.
O trajecto, totalmente em auto-estrada, liga os principais centros urbanos do Norte de Portugal, como o Porto e Braga, a Vila Pouca de Aguiar, através da A7 e a partir desta vila transmontana pela A24 (gratuita) faz-se a ligação a Espanha (para Norte) e a Vila Real (para Sul). No país vizinho os condutores seguem pela A52 (gratuita) que liga todo o Norte de Espanha à fronteira com a França em Irun/Hendaye e daí a toda a Europa.
À cerimónia de inauguração presidida pelo Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas e das Comunicações, Dr. Paulo Campos, não faltou o autarca cabeceirense, Eng.º Joaquim Barreto, que na oportunidade referiu à nossa reportagem: «Estivemos aqui há cerca de um mês na cerimónia de inauguração do troço da A24, entre Vila Real e Vila Pouca de Aguiar, e agora inaugura-se o último troço de ligação da A7 à A24. Todos compreendemos e percebemos a importância desta ligação para o Município de Cabeceiras de Basto. É certo que estas acessibilidades vão reflectir-se no desenvolvimento económico de Cabeceiras de Basto. Passo a passo fomos ficando mais perto das principais cidades portuguesas e agora da Galiza, da Espanha, da Europa. Com a adjudicação da Variante das EN’s 205 e 210 e o início da sua construção para breve, com conclusão prevista para finais de 2008, Cabeceiras de Basto vai beneficiar ainda mais de toda a rede de auto-estradas do Norte de Portugal».

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.