Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-07-2007

SECÇÃO: Região

FESTA DO IDOSO ENCERRA EVENTO DEDICADO À SAÚDE E SOLIDARIEDADE

Um dia na Serra da Cabreira com a população mais idosa do concelho encerrou a Festa da Saúde, da Solidariedade e do Idoso, que a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, através da empresa municipal Emunibasto, levou a efeito entre os dias 20 e 22 de Julho.

A animação e a boa disposição animou o dia dedicado aos idosos
A animação e a boa disposição animou o dia dedicado aos idosos
Mais de oitocentos idosos vindos das dezassete freguesias do concelho, participaram no dia 22 de Julho, no Complexo Florestal da Veiga, numa Festa convívio de confraternização que teve início com uma missa campal celebrada pelo Pároco de Bucos e de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau), Padre Avelino Vilela. Seguiu-se um almoço e a tarde preenchida com animação musical, pelo Grupo Trevo Alegre, de Terras de Bouro, que interpretou músicas tradicionais portuguesas tão ao gosto desta população mais idosa. Foram muitos os que quiseram mostrar os seus dotes para a dança e que deram uns passinhos ao som das pandeiretas, flautas, violas, cavaquinhos e acordeão.

Combate ao isolamento e à solidão

Oitocentos idosos em convívio
Oitocentos idosos em convívio
Esta iniciativa que vem sendo promovida anualmente, insere-se na estratégia da Câmara Municipal e da Emunibasto de combate ao isolamento e à solidão da população mais idosa do concelho, uma realidade a que muitos destes cabeceirenses estão votados, especialmente os que vivem nas zonas mais rurais, aldeias serranas e mais afastadas, mas a que se associaram todos os restantes, numa verdadeira jornada de convívio, de boa disposição, de alegria e de humor.
Proporcionar actividades lúdicas, culturais e de recreio para fortalecer e valorizar laços sociais, para além de todas as restantes iniciativas de índole social que visam a melhoria da qualidade de vida das populações é preocupação constante da autarquia Cabeceirense.

Manifestação de alegria

No final desta Festa do Idoso, que terminou de forma abrupta devido à chegada da chuva e já com sinais de algum cansaço, nos rostos dos participantes era visível a satisfação que sentiam e a propósito da qual deixavam a promessa: «enquanto puder, venho sempre», «enquanto a saúde permitir não fico em casa», «tenho vindo sempre desde que a Câmara faz esta festinha», «é o melhor do mundo» ou «isto é que é festa». Os comentários positivos que ecoavam no final da Festa foram naturalmente do agrado da organização, que confessou ao nosso jornal, tratar-se de uma grande jornada que envolve um grande esforço logístico e humano.
foto
Na oportunidade o Presidente da Câmara agradeceu a presença de todos os participantes, bem como, àqueles que tornaram possível esta iniciativa, da qual fez um balanço positivo e que encerra três dias dedicados à saúde e à solidariedade.
De realçar a presença e o apoio dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses para salvaguarda de alguma indisposição ou súbita doença, bem como a colaboração das Juntas de Freguesia que se têm associado, ano após ano, a esta Festa contribuindo para o seu sucesso.

Rastreios e acções de sensibilização

Nos dois primeiros dias da Festa da Saúde, da Solidariedade e do Idoso, a população Cabeceirense pode visitar uma exposição/mostra que decorreu no Edifício Multiusos – Mercado Municipal, e que contou com a colaboração do Centro de Saúde local e a presença de profissionais de saúde, clínicas, e outros agentes, onde foram feitos rastreios diversos, sessões de aconselhamento e sensibilização para práticas saudáveis, promoção de actividade física, inscrição para doadores de sangue e de medula óssea, recolha de alimentos e medicamentos fora da validade, bem como chapas de RX.
Dezenas de pessoas fizeram diversos rastreios
Dezenas de pessoas fizeram diversos rastreios
A Conferência “A Sexualidade, Conceitos e Preconceitos – Ontem, Hoje e Amanhã”, proferida pelo Professor Doutor Júlio Machado Vaz, na Sexta-feira à noite, foi um dos pontos altos do evento que esgotou a capacidade do Auditório Municipal Ilídio dos Santos.
Também no Sábado, dia 21 de Julho, foi promovida a caminhada “pela Sua Saúde”, bem como a realização do primeiro Sarau de Artes Marciais de Cabeceiras de Basto, que registou a adesão de numeroso público.
A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e a empresa municipal Emunibasto congratulam-se com a adesão popular a todas as acções que integraram o programa da Festa da Saúde, da Solidariedade e do Idoso que encerrou ontem e que espera vir a repetir.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.