Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-07-2007

SECÇÃO: A nossa gente

Ivo Fernandes
CAMPEÃO NACIONAL DE MOTOCROSS


foto
Nascido no seio de uma família adepta dos desportos “radicais”, Ivo Fernandes elege o motocross como desporto de eleição. Campeão Nacional da modalidade alia os estudos com esta paixão que começou desde cedo e que deseja prolongar enquanto puder. Participar no campeonato mundial e nas melhores provas americanas, fazem parte dos seus sonhos. No entanto, estudar é uma prioridade e apesar do esforço acrescido que faz para treinar e manter a forma física, Ivo Fernandes, é um bom aluno que organiza o tempo de modo a partilhá-lo também com a família e com os amigos.

Ivo Fernandes é um jovem atleta cabeceirense que tem vindo a destacar-se no panorama do motocross nacional e internacional.
foto
Com catorze anos apenas, as motos fazem parte do seu mundo desde sempre. Uma paixão que começou bem cedo, já que seu pai, chapeiro de profissão, e também “motoqueiro” nas horas de lazer, lhe incutiu este gosto, cujo espírito rapidamente o contagiou. Para poder acompanha-lo nos seus passeios pelos montes mais agrestes, aos sete anos, foi-lhe oferecida a primeira mota. Feitas as devidas adaptações (tendo em conta a cilindrada e sua altura), iniciou-se nestas lides e não mais parou, confessando que “metendo-se no meio do motocross, já não pode sair”.
Ivo recorda a sua primeira prova de competição, em Famalicão, com alguma emoção, já que apesar do nervosismo que sentiu, foi a partir daí que entrou no mundo das corridas. Inicialmente sozinho, depressa arrastou outros cabeceirenses, entre eles, uma prima e mais recentemente um jovem de Arco de Baúlhe.

Ivo lidera o Campeonato Nacional
Actualmente a frequentar o oitavo ano de escolaridade, na Escola EB 2,3 de Cabeceiras de Basto, divide os estudos com o desporto o que o leva a percorrer o país, do Minho ao Algarve, para participar nas diversas provas do campeonato nacional da modalidade. Mas a prova que mais o marcou foi sem dúvida a que lhe deu a sua primeira vitória, nos arredores de Lisboa, mais precisamente em Casais de S. Quitino, ainda nas 65.
foto
Ocupa hoje o primeiro lugar nacional na modalidade de Motocross e participa em provas internacionais com frequência. Recentemente deslocou-se à Holanda, acompanhado pelo seu pai e por um mecânico para fazer duas provas, posicionando-se na oitava e nona posições da classificação geral. Lugares cimeiros de grande disputa, já que em prova estavam mais de uma centena de atletas de várias nacionalidades.

Muito treino e dedicação

O atleta ocupa grande parte dos seus tempos livres às motos, modalidade que exige treinos intensos e grande dedicação. Durante a semana Guimarães e Braga são os locais de eleição para a prática de motocross, enquanto que aos fins-de-semana procura outras paragens mais ao centro e ao sul do país. Mas é em Cabeceiras de Basto, concelho cuja evolução reconhece, que gostaria de ter condições para treinar. “Gostava que houvesse no concelho uma pista de motocross”, confessou, pois além de o ajudar a evoluir na modalidade, contribuiria certamente para incentivar outros atletas e seria uma mais valia para a terra. A sua equipa HRT [Hard Racing Team], patrocinada pela KTM – 85 c.c., dispõe de uma pista de supercross e de motocross em Paços de Ferreira onde se desloca também, frequentemente para treinar.
foto
Ligado ao Arco-Rotações Clube, Ivo Fernandes possui uma licença internacional de motociclismo que lhe permite participar em provas nacionais e internacionais. Considera no entanto, que é muito difícil conciliar os estudos com as motos, já que não basta treinar, é preciso fazer muita preparação física e organizar bem o tempo para que em altura de testes possa articular o desporto com os estudos, que considera fundamentais e para quem a escola está sempre em primeiro lugar. Tem que se ser muito organizado, garante.

Grande apoio familiar

Ao longo da sua vida de desportiva, o apoio dos pais e da família tem sido incondicional, não só no passado, como no presente, esperando mantê-lo também no futuro, já que quer seguir profissionalmente o motocross. No entanto, Ivo está consciente de que o motocross não durará toda a vida e como tal, pelo caminho, pretende tirar um curso a que possa dedicar-se mais tarde e fazer deste a sua profissão.
Tem como sonho ser piloto profissional. Fazer o campeonato mundial que se realiza na Europa ou mesmo ir para os Estados Unidos para participar nas melhores corridas de motocross americano.
Ivo Fernandes tem um irmão com sete anos, o Rui Pedro, com quem mantém uma relação muito afectuosa e no qual tem o seu maior fã, dividindo posters e contando histórias deste fascinante mundo de duas rodas. Com pouco tempo para os livros, não vê na leitura a sua principal ocupação, no entanto lê com frequência, tendo presentemente sobre a mesinha de cabeceira “Os Anjos e Demónios” de autoria de Dan Brown. No meio de tantos afazeres, este jovem atleta cabeceirense, tira sempre um bocadinho do seu tempo livre para repartir com a família e também com os amigos com quem partilha sempre que pode cumplicidades de juventude.



© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.