Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-06-2007

SECÇÃO: Região

No âmbito da iniciativa Valor Humano - Oportunidades Inovadoras
Ministra da Educação visitou Cabeceiras de Basto

Seiscentas crianças do ensino básico do Agrupamento de Escolas de Refojos, professores e alguns populares, receberam no dia 21 de Junho, a Ministra da Educação, Drª. Maria de Lurdes Rodrigues. Efusivamente aplaudida, aquele membro do Governo, deslocou-se ao pavilhão Gimnodesportivo de Cabeceiras de Basto para assistir à festa de encerramento e verificar in loco o resultado das actividades de enriquecimento curricular, nomeadamente actividades físicas, que o seu Ministério implementou recentemente em todas as escolas do ensino básico. Uma iniciativa que ao longo do ano envolveu cerca de 930 alunos dos três agrupamentos de escolas do concelho. Seguiu-se uma visita à Escola Tecnológica de Lameiros, infra-estrutura inaugurada em Abril de 2005, onde têm sido desenvolvidas diversas acções de formação. Uma aposta no ensino profissionalizante que a Ministra elogiou em prol da qualificação e da criação de novas oportunidades para a população.

Ministra da Educação recebida por autarcas, professores e alunos
Ministra da Educação recebida por autarcas, professores e alunos

Abertura da iniciativa

A Ministra da Educação, presidiu à abertura oficial da iniciativa Valor Humano:.Oportunidades Inovadoras – mostra de educação, cultura, formação e emprego. Uma acção que decorreu de 21 a 24 de Junho no edificio do Mercado Municipal e integrou diversas componentes. Na ocasião Maria de Lurdes Rodrigues assistiu a alguns números de dança e música apresentados por alunos de diferentes escolas, fruto do trabalho desenvolvido ao longo do ano escolar. A jornada prosseguiu com a visita aos sessenta stands ali instalados para apresentar os trabalhos feitos por cerca de quatrocentos formandos que nos últimos meses frequentaram acções sócio-educativas nas áreas das artes decorativas, pintura, bordados, tecelagem de lã, tapeçaria, música, culinária, iniciação à informática. Uma iniciativa que resultou da parceria entre a Direcção Regional de Educação do Norte, a Câmara Municipal, algumas Juntas de Freguesia e associações locais.
Após a visita à feira do livro, outra das componentes desta iniciativa e aos vários stands voltados para a formação, inovação e empreendedorismo, direccionados para os recursos naturais que a Autarquia pretende potenciar, valorizar e explorar a favor da criação de emprego no concelho, Joaquim Barreto, agradeceu a presença de todos os que se envolveram neste evento, assim como, enalteceu o trabalho que vem sendo desenvolvido com o Ministério da Educação, no sentido de proporcionar melhor qualidade de ensino.
Presidente da Câmara, acompanhado pelo Delegado do IEFP e do Presidente da Assembleia Municipal, entrega Certificados
Presidente da Câmara, acompanhado pelo Delegado do IEFP e do Presidente da Assembleia Municipal, entrega Certificados

Melhorar as condições de ensino e proporcionar igualdade de oportunidades

A titular da pasta da Educação, agradeceu a oportunidade que lhe foi dada de verificar o resultado da implementação das actividades de enriquecimento curricular no primeiro ciclo. Na sua intervenção, referiu-se à reorganização da rede escolar tendo afirmado que «apesar de, nalguns casos, este processo ser doloroso especialmente em concelhos como Cabeceiras de Basto, não tenham dúvidas que tudo está a ser feito para beneficio das crianças». Disse ainda desconhecer casos onde a solução encontrada tenha sido pior que aquele que as crianças tinham anteriormente.
A Ministra garantiu que «não há outra maneira de poder oferecer tudo o que a vida moderna nos permite hoje oferecer às crianças, tal como o ensino de inglês, educação física, o acesso às novas tecnologias da informação, as artes plásticas, sem concentrar as crianças em espaços onde a sociabilidade também seja positiva e reunindo condições onde possam crescer e aprender». Na sua intervenção, deixou ainda uma palavra de confiança, pois o trabalho que está a ser desenvolvido visa melhorar as condições de ensino e proporcionar igualdade de oportunidades para todos, contribuindo assim, para melhorar os recursos, planear o futuro e certamente recuperar o atraso que o país tinha nesta matéria.
Aspecto da noite de S. João na iniciativa “Valor Humano - Oportunidades Inovadoras”
Aspecto da noite de S. João na iniciativa “Valor Humano - Oportunidades Inovadoras”
A propósito da iniciativa a Ministra da Educação, mostrou-se satisfeita com o trabalho que viu e que envolve vários parceiros. Referiu que este trabalho tem que ser apoiado e multiplicado, por forma a dotar as pessoas de qualificação que lhes permita integrar a actividade económica do país. A Ministra da Educação que visitou vários espaços formativos deste concelho, e contactou com alunos, professores, pais e população em geral, ficou agradada com o que se faz ao nível das várias oportunidades educativas em Cabeceiras de Basto.

Certificação de meio milhar de pessoas

A entrega de diplomas de certificação a meio milhar de formandos que nos últimos meses frequentaram os cursos sócio-educativos que atrás referimos, bem como as acções de formação ministradas pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, encerrou esta iniciativa. Na ocasião, Joaquim Barreto, Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, enalteceu o trabalho que tem sido desenvolvido em parceria com diferentes organismos que, ao apoiarem estas acções, estão a contribuir para recuperar tradições, qualificar os recursos humanos e abrir caminhos para novas oportunidades de emprego. Oportunidades de emprego, que segundo referiu «devem estar associadas à inovação, às novas tecnologias e ao empreendedorismo».
Marchas Saojoaninas animaram a Festa
Marchas Saojoaninas animaram a Festa
Para o edil, além da aprendizagem, estas acções fomentam ainda, o convívio e o intercâmbio social, ocupando de forma salutar os tempos livres e contribuindo para a dinamização da economia do concelho. Nesse sentido a Câmara Municipal tem vindo a desenvolver projectos e a lançar programas, tais como o Basto Investe, no âmbito do FINICIA, capazes de contribuir para a modernização e o desenvolvimento de Cabeceiras de Basto.
Enquanto Mostra de Formação e Emprego, aos visitantes foi disponibilizada informação e proporcionado o contacto com as actividades e propostas de emprego do IEFP, bem como da Força Aérea e Exército. Outras instituições públicas e privadas ligadas ao aproveitamento, promoção e valorização dos recursos naturais, tais como a água, o vento e a floresta, integraram este certame. A Universidade do Minho, diversas escolas profissionais, associações empresariais e industriais do Minho e outras entidades de vanguarda na área das novas tecnologias, da inovação e do empreendedorismo apresentaram durante quatro dias programas e projectos.
Ao longo desta iniciativa, organizada pela Câmara Municipal e pela Empresa Emunibasto, foram desenvolvidas outras acções. A apresentação de livros como “O Cavaleiro do Arco-Iris” e “A acção dos Pereiras nos descobrimentos portugueses do Século XVI”, da autoria de Maria José Meireles e Estela Vilela Passos, respectivamente; a realização de Workshops subordinados aos temas “Novos caminhos para o linho” de Guida Fonseca e “Empreendedorismo”, pela IEMINHO. Várias sessões de contos direccionados para as crianças e jovens dos diferentes agrupamentos de escolas do concelho, um desfile de marchas populares que envolveu vários Espaços de Convívio e Lazer, uma sardinhada e ainda animação musical, a festa de encerramento do ano escolar da EB1 e do JI de Outeiro, a actuação dos grupos de cavaquinhos da Casa da Música (adultos e crianças), a actuação do grupo de hip-hop URBDANCE e do “Grupo Voz Amiga”, o teatro de Revista, foram outras das actividades que fizeram, igualmente parte deste certame que se revelou uma vez mais numa iniciativa repleta de animação e de grande adesão popular.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.