Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-06-2007

SECÇÃO: Desporto

O Desportivo do Arco de Baúlhe

foto
O Desportivo do Arco de Baúlhe (DAB), é hoje uma colectividade fragilizada sobre o ponto de vista desportivo, o meu objectivo é dar a conhecer alguns dos motivos, que levaram a tal situação, para assim ajudar a compreender, aqueles, que podem não dominar as verdadeiras razões para essa situação.
O facto de um momento para o outro, ficar sem instalações desportivas por motivo da passagem da auto-estrada pelo seu parque desportivo, levou a que o DAB tivesse que andar de “malas ás costas” durante dois anos, resultando disso um enorme insucesso desportivo e financeiro.
No primeiro ano, jogar em Alvite, no segundo em Cavez, implicou o aluguer de campo para jogos e treinos, coabitar com as equipas locais, jogar em dias que provavelmente os seus adeptos não estavam habituados, isto tudo só poderia ser traduzido em resultados desportivos não muitos famosos, a que a descida de divisão não será alheia, apesar da boa vontade e dedicação de todos os seus jogadores, sócios e dirigentes e até da sempre e pronta disponibilidade dos proprietários das instalações cedidas.
Estas situações todas por si só, já eram para desanimar um pouco os seus adeptos agravando-se ainda mais com a ausência de resultados positivos.
Local das futuras instalações do DAB, com vedação praticamente concluída
Local das futuras instalações do DAB, com vedação praticamente concluída
A criação do novo parque desportivo do DAB (já em andamento), será com toda a certeza o ganhar de um novo fôlego, que o clube terá que saber aproveitar e concerteza que os seus responsáveis não vão desperdiçar esta oportunidade, de reerguer o clube no plano desportivo, até porque o passado do clube quer a nível concelhio e até distrital assim o exige. Sou dos que pensa que com esta nova infraestrutura desportiva, o DAB passará de uma situação actualmente frágil, para e num futuro muito próximo muito segura e com isso os resultados desportivos regressarão ao normal, isto é ao sucesso.
A juventude Arcoense, merece ter todas as condições para a prática do futebol.
Ás pessoas, que durante estes dois anos, tiveram a coragem de estar a frente da colectividade numa situação complicada como esta, os adeptos só lhes podem agradecer e merecem todo o apoio por parte daqueles que realmente gostam do clube.

Por: António Correia

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.