Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-03-2007

SECÇÃO: Região

Central de Cabeceiras vai criar 160 empregos directos e indirectos – referiu a Ecos de Basto o Dr. Gil Patrão

Aproveitando a presença do Engº Gil Patrão em Cabeceiras de Basto, um dos principais pioneiros da introdução da biomassa em Portugal, Ecos de Basto quis saber mais sobre a anunciada construção de uma central neste concelho.
Ao nosso jornal o Engº Gil Patrão confirmou a atribuição pelo Governo da respectiva licença de exploração de uma Central de Biomassa em Cabeceiras de Basto, cabendo agora à EDP e ao grupo ALTRI adquirir os terrenos, elaborar o projecto e executar a obra que implica um investimento da ordem dos 25 milhões de euros (5 milhões de contos).

Engº Gil Patrão no uso da palavra
Engº Gil Patrão no uso da palavra
Segundo adiantou este administrador da EDP – Bioelétrica um projecto desta natureza leva 2 a 3 anos a pôr de pé, ou seja, a Central de Biomassa de Cabeceiras de Basto só estará a funcionar dentro de um horizonte temporal que se deve situar nos finais de 2009, princípios de 2010.
Sobre o número de empregos a criar, este especialista das bioenergias informou que, em princípio, serão 15 os empregos directos, mais 10 em tarefas ligadas à laboração da central. Os postos de trabalho indirectos poderão ser superiores a 150, distribuídos pelas actividades complementares geradas pelo negócio do corte, recolha e transporte dos resíduos florestais que vão abastecer a referida central. Tudo vai depender, no entanto, das dinâmicas locais e das respostas dos agentes dos sectores envolvidos, acrescentou.
A futura Central de Biomassa de Cabeceiras de Basto terá uma capacidade de 11 MBA, 10 % maior do que a central instalada em Mortágua, o que significa que pode produzir por ano cerca de 75 GWH de electricidade o suficiente para abastecer uma comunidade de 50 a 60 mil pessoas, rematou o Dr. Gil Patrão.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.