Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-11-2006

SECÇÃO: Região

São Martinho


Nos dias 11 e 12 de Novembro assinala-se a morte de dois santos com o mesmo nome Martinho. Estes homens deram origem a lendas e mitos e sobretudo a uma festa popular: o magusto. De norte a sul do país, é tempo de alegria, sol, castanha assada, vinho e água –pé.
Diz a lenda que pelo S. Martinho é tempo de castanhas e de vinho. Mas na realidade o S. Martinho, não está relacionado com a típica castanha que chega no Outono. O culto popular associou, segundo Moisés Espírito Santo (MES), a uma fruta da época, a uma festa sazonal que ao longo, dos tempos foi sendo atribuída a São Martinho, quando verdadeiramente este santo nada tem a ver com as castanhas, o vinho ou a água-pé.
A tradição do magusto é tipicamente portuguesa, mas nem todos sabem que existiram dois santos com o mesmo nome e que morreram em datas muito próximas, no calendário litúrgico da Igreja Católica, o 11 de Novembro é dedicado a São Martinho de Tours (em França), a quem se deve a expressão “Verão de S. Martinho” e o 12 de Novembro a Martinho de Dume (Braga, Portugal).
São Martinho de Dume nasceu na época dos visigodos, entre 518 e 525, no actual distrito de Braga. Foi bispo fundador do Mosteiro de Dume, tendo-se tornado um dos principais impulsionadores da cristianização nesta zona da península. São Martinho de Dume é considerado por Moisés Espírito Santo como um dos santos mais importantes da história da evangelização de Portugal, apesar de por vezes um pouco esquecido, foi um homem de grande visão. “O nosso São Martinho” é, na opinião deste sociólogo especialista em religião, responsável pela origem das tradições e da s festas, adiantando que estas festas sazonais são tipicamente nossas, não tendo conhecimento de que as mesmas sucedam em França, onde viveu Martinho de Tours. Os países católicos têm os seus cultos próprios e certos festejos sazonais são tipicamente portugueses, realçou ainda MÊS, como é o caso da Festa de S. Martinho.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.