Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-11-2006

SECÇÃO: Região

Festival de Teatro em Cabeceiras de Basto
De 27 de Novembro a 3 de Dezembro

As freguesias de Refojos, Arco de Baúlhe, Cavez e Cabeceiras- S. Nicolau, vão servir de cenário para a realização do Festival de Teatro a realizar neste concelho de 27 de Novembro a 3 de Dezembro próximo.
Trata-se de uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal e pela Emunibasto, que conta com o apoio do Ministério da Cultura, o Instituto das Artes, Território Artes, da ARCA – Associação recreativa e Cultural do Arco de Baúlhe, da Escola EB 2-3 de Arco de Baúlhe e das juntas de Freguesia de Cabeceiras – S. Nicolau, Arco de Baúlhe, Refojos e Cavez.
Este Festival de Teatro começa no dia 27 de Novembro, com a interpretação da peça “Maldita matemática” encenada pela entidade Dois Pontos Associação Cultural. A peça, mais direccionada para o público infanto-juvenil terá lugar no Salão Multiusos do Mercado Municipal, pelas 15h00m. Por sua vez, no dia 30 de Dezembro, a peça “Tribulações de um aldeão na cidade de Lisboa” de autoria da GATA – Grupo de Teatro Amador da ARCA, entra em cena na Fundação António Joaquim Gomes das Cunha, em Gondarém, a partir das 21h30m.
O dia 1 de Dezembro, ficará assinalado pela interpretação das peças “A farsa de Inês Pereira” pela Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e ainda pelas “Tribulações de um aldeão na cidade de Lisboa” de autoria da GATA – Grupo de Teatro Amador da ARCA. Os espectáculos teatrais estão agendados para as 21h30m na Escola EB 2-3 de Arco de Baúlhe.
No dia 2 de Dezembro, é a vez do teatro vir até à sede do concelho, subindo ao palco do Auditório Municipal a peça “Morta em Fuga”, uma encenação do Grupo de Teatro Amador “A fazer cenas” de Leça da Palmeira, seguindo a apresentação de “Tribulações de um aldeão na cidade de Lisboa” de autoria da GATA – Grupo de Teatro Amador da ARCA.
Este Festival de Teatro de Cabeceiras de Basto, cuja realização tem como principal objectivo divulgar e dinamizar a arte cénica, promovendo em simultâneo o convívio entre o público e os actores de teatro, encerra no dia 3 de Dezembro, no centro Comunitário de Cavez com a peça “Tribulações de um aldeão na cidade de Lisboa” de autoria da GATA – Grupo de Teatro Amador da ARCA, cujo espectáculo está agendado para as 17h30m.
De realçar ainda neste evento, a preocupação fomentar o teatro, descentralizando os diferentes espectáculos a levar a cena de 27 de Novembro a 3 de Dezembro, pelos quatro principais pólos concelhios, na expectativa de envolver a população e despertar o gosto para a arte de representar, seja nas crianças, jovens ou adultos. A entrada é livre em todos os espectáculos teatrais atrás referidos.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.