Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-10-2006

SECÇÃO: Região

“Comer para viver ou viver para comer”

O Externato S. Miguel de Refojos promoveu no dia 31 de Outubro, no Auditório Municipal, uma jornada em torno dos hábitos alimentares.
Esta iniciativa à qual assistiram dezenas de jovens daquele estabelecimento de ensino contou com a presença de China Pereira, médico de clínica geral e Director do Centro de Saúde de Cabeceiras de Basto, Renata Ramos, nutricionista, Carla Teixeira, professora de Biologia e Lisete Freitas, psicóloga, para falar sobre a alimentação os portugueses.
“Comer para viver e Viver para comer” foi o mote para falar sobre uma vida saudável que aliada à boa alimentação e ao exercício físico regular, atenua o aparecimento de doenças e contribui para a longevidade da população.
Andar, dançar, jogar à bola, entre outras práticas desportivas por muito simples que sejam, podem ser praticadas por todas as idades, ajudando a queimar calorias e a manter o organismo em forma. As vitaminas e minerais contidos nos alimentos como os vegetais também contribuem para afastar doenças, já que têm propriedades antioxidantes, desintoxicantes, estimulantes e facilitam a circulação sanguínea.
Durante esta palestra, numa altura em que se fala tanto de obesidade, anorexia e bulimia, foram dadas algumas “dicas de ouro” para uma alimentação saudável, que uma vez seguidas contribuirão certamente para pessoas mais saudáveis e mais felizes.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.