Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-07-2006

SECÇÃO: Concelho em acção

Riodouro

Ampliação do velho cemitério da freguesia de Riodouro
Ampliação do velho cemitério da freguesia de Riodouro
Alargamento e pavimentação dos espaços envolventes da Igreja Paroquial e ampliação do Cemitério

Numa iniciativa conjunta da Câmara Municipal, da Junta de Freguesia e do Conselho Directivo de Baldios de Riodouro, decorrem a bom ritmo os trabalhos de ampliação do Cemitério de Baixo de Riodouro, e de alargamento da via desde o entroncamento de Cambezes, até ao largo fronteiro à Igreja Paroquial.
Nova dimensão do Largo da Igreja Paroquial de Riodouro
Nova dimensão do Largo da Igreja Paroquial de Riodouro
Obras de vulto, diga-se, se tivermos em conta o seu grande alcance e impacto social que as fazem merecedoras dos maiores elogios e da atenção e curiosidade de quem passa. Mais ainda, se atendermos aos condicionalismos existentes no local e ao movimento de terras que se tornou necessário efectuar, de que resultará a curto prazo, a “quase” duplicação da área de circulação e estacionamento de veículos, dando a todo o espaço que envolve a Igreja Paroquial e o Cemitério a dignidade e a dimensão que merece, como principal centro cívico e religioso da freguesia.
Grandes movimentações de terras, rasgam novos acessos ao cemitério e Igreja Paroquial de Riodouro
Grandes movimentações de terras, rasgam novos acessos ao cemitério e Igreja Paroquial de Riodouro
Como já referimos, as obras estão a ser feitas em parceria entre a Câmara Municipal, a Junta de Freguesia e o Conselho Directivo dos Baldios. À Junta de Freguesia, coube a responsabilidade pela comparticipação dos custos para a ampliação do Cemitério. Era uma obra muito reclamada pela população, tida mesmo por indispensável, atendendo à falta de espaços nos dois cemitérios existentes. Depois da preparação do terreno para o fim a que se destina, houve que proceder à construção de muros de suporte e de vedação, recuando o muro da fachada principal para o lado da Igreja, em cerca de 15 metros, que irão possibilitar a implantação de mais setenta e duas novas campas.
Maior impacto teve ainda a movimentação de terras resultante do rompimento efectuado no talude do lado nascente, para alargamento de estrada municipal paralela ao cemitério, desde o entroncamento de Cambezes até ao portão da residência paroquial. Esta á a parte da obra que respeita ao Conselho Directivo de Baldios. Muitos se lembrarão ainda do antigo caminho que ali havia, por onde mal passava um carro ligeiro. Agora, aquela barreira que ensombrava a estrada foi rasgada pelas máquinas e recuou para uma largura próxima dos dez metros, permitindo a criação de duas faixas de rodagem e uma baia para estacionamento automóvel, numa extensão de mais de cem metros. Coube, por último, à Câmara Municipal, a responsabilidade pela aquisição e disponibilização dos terrenos, tendo para o efeito, segundo nos foi dado saber, contado com a melhor colaboração dos herdeiros da Casa da Velha de Cambezes. À autarquia cabe ainda suportar os custos dos materiais inertes, (britas, gravilha e areia), bem como dos trabalhos decorrentes de pavimentação e repavimentação em alcatrão, não só dos novos espaços, como também do amplo largo agora existente em frente à Igreja Paroquial, numa área global próxima dos dois mil e seiscentos metros quadrados.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.