Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-06-2006

SECÇÃO: Última Página

Arco promove X Concurso de Vestido de Chita

O Agrupamento de Escolas do Arco de Baúlhe promoveu uma vez mais o concurso Vestido de Chita. Trata-se de uma iniciativa realizada anualmente com o objectivo de proporcionar à população em geral uma jornada de salutar convívio entre professores, alunos e comunidade educativa. Por outro lado, ao promover este evento, está a contribuir para avivar uma moda antiga, muita utilizada nestas terras e que consistia no uso da chita para a confecção de diferentes peças de vestuário. Agora em desuso, este material, foi outrora um dos mais utilizados, dada sua resistência e por ser muito barato.
A chita é basicamente um tecido de algodão chamado de moim, caracterizado por tramas simples com motivos florais muito coloridos, cuja intensidade da cor serve para despistar as irregularidades do próprio tecido.
Com origem na Índia, na época das grandes navegações este tecido que ao longo do tempo foi aperfeiçoado pelos ingleses e posteriormente pelos portugueses e franceses, apresenta-se hoje pouco usual. No entanto, neste concurso que o Agrupamento de Escolas do Arco de Baúlhe promove, a chita, simples e humilde, ganha vida nas mãos de habilidosas costureiras, que lhe conferem versatilidade e a transformam em peças de grande beleza.

Catarina Vieira - vencedora do concurso  vestido de chita
Catarina Vieira - vencedora do concurso vestido de chita
Pais, alunos, comunidade escolar e público em geral assistiram ao desfile de seis trajes de chita graciosamente vestidos por outras tantas crianças que frequentam o ensino pré-escolar daquele agrupamento de escolas, bem como quatro peças apresentadas por alunas do segundo e terceiro ciclo do ensino básico. Na plateia numeroso público, com destaque para a presença do Presidente da Câmara, Engº Joaquim Barreto e do Presidente da Junta de Freguesia do Arco de Baúlhe, Armando Duro.
Este desfile que decorreu pelo décimo ano consecutivo, contou ainda com a exibição de vários números de dança hip-hop, bem como, a exibição de um trabalho elaborado por alunos daquele agrupamentos de escolas coordenado pelo professor Joaquim Jorge, que transformaram este evento num renovado acontecimento quer na freguesia do Arco de Baúlhe, quer no concelho de Cabeceiras de Basto.
Assim na edição 2006 do concurso de Vestido de Chita, Ana Catarina Magalhães da Silva, da Escola EB 1 da Serra ficou em primeiro lugar, seguindo-se Joana Patrícia Magalhães, do Jardim de Infância de Pedraça e em terceiro, Marlene Teixeira Ribeiro, do jardim de Infância do Arco de Baúlhe.
Por sua vez, Catarina Luísa Magalhães Vieira, do 8º ano da Escola EB 2,3 de Arco de Baúlhe, arrecadou o primeiro prémio, seguindo-se Ana Isabel Carvalho Teixeira, do 5º ano e Sílvia Alexandra Alves Pereira, do 6 ano, posicionou-se em terceiro lugar.
O prémio de Miss Simpatia foi para a menina Sara Catarina T. da Costa, da Escola EB da Serra, daquele agrupamento de escolas de Arco de Baúlhe.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.