Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-06-2006

SECÇÃO: Região

Noites de Verão em Cabeceiras de Basto

Com a projecção do filme, “A Legião dos Mortos”, agendada para o dia 15 de Junho, no Auditório Municipal Ilídio dos Santos, a Câmara de Cabeceiras de Basto e a empresa Emunibasto, dão início ao programa de animação de Verão previsto, tal como em anos anteriores, para o concelho durante os meses de Junho, Julho e Agosto.
Trata-se de uma iniciativa cultural e lúdica, organizada com o objectivo de proporcionar aos cabeceirenses e a todos os que visitam esta terra na época de verão, momentos de lazer e de divertimento, através de espectáculos musicais, teatro, cinema, jogos populares, actividades desportivas e exposições.
Um programa diversificado, no qual está inserida a projecção do filme mencionado, bem como, das películas “Tráfico de Mulheres”, no dia 16 de Junho, e no dia 17, “A Espada do Poder”, também no Auditório Municipal. Os filmes agendados caracterizam-se pala sua actualidade dado que estiveram em exibição, na mais recente realização do FANTASPORTO.
O programa “Noites de Verão” prossegue nos dias 23 e 24 de Junho, inserido no âmbito da Festa da Educação, Cultura, Formação e Emprego, e durante os quais está prevista a realização de actividades diversificadas de cariz cultural, recreativo e lúdico que animarão o fim de semana.
Para o dia 30 de Junho, a organização realiza um serão desportivo e, no dia 1 de Julho, a Banda Cabeceirense promove um concerto musical, na antiga Casa da Cadeia, edifício agora transformado em Casa da Música, a partir das 21h30m.
De referir que o programa “Noites de Verão” de Cabeceiras de Basto decorre aos fins-de-semana, durante os meses de Verão, com o intuito de divulgar e projectar as potencialidades dos grupos culturais locais, ao mesmo tempo que está a contribuir para a promoção do Cabeceiras de Basto e das potencialidades que encerra, capazes de proporcionar a quem aqui vive e a quem aqui se desloca momentos culturais alternativos, que se pretendem de salutar convívio e de confraternização, sobretudo numa época, em que os emigrantes aqui se deslocam em férias e podem fruir de um programa onde tradição, cultura e modernidade caminham lado a lado.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.