Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-04-2006

SECÇÃO: Região

Espaço de Convívío e Lazer
Utentes do Arco de Baúlhe aprendem a fazer flores

A "aula" de flores foi muito participada por jovens e menos jovens
A "aula" de flores foi muito participada por jovens e menos jovens
Com o apoio da Fundação A Joaquim Gomes da Cunha, os Serviços Sociais da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto dinamizaram junto dos utentes do Espaço de Convívio e Lazer de Arco de Baúlhe, uma formação de arranjos florais.
Em papel ou com flores secas os utentes dedicaram-se à elaboração de ramos e raminhos, aprendendo e fazendo manualmente trabalhos de grande mestria e habilidade. Esta iniciativa, singela, mas de grande utilidade, resulta da parceria de várias entidades que se associam com o objectivo de valorizar e de ocupar de forma salutar os tempos livres dos habitantes desta terra.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.