Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-04-2006

SECÇÃO: Região

Mostra de trabalhos alusivos ao álcool e à droga na Casa da Cultura

Com o apoio da Câmara Municipal e da Empresa EMUNIBASTO, a Casa da Cultura de Cabeceiras de Basto acolhe de 7 a 20 de Abril, uma exposição intitulada “Desenvolver Prevenindo”, que integra trabalhos elaborados pelos alunos do 4º ano do 1º ciclo do Ensino Básico dos três Agrupamentos de Escolas do concelho, respectivamente Arco de Baúlhe, Cavez e Refojos, no âmbito do programa levado a cabo de prevenção primária do alcoolismo e da toxicodependência, promovido pelo projecto Desenvolver do Centro Social e Paroquial de Abadim.
A abertura oficial desta expoisção ficou marcada pela realização de uma tertúlia sobre alcoologia, denominada “Falsos mitos e conceitos sobre o álcool”, realizada no dia 7 de Abril e durante a qual foram abordados os problemas ligados ao álcool, muitas vezes mantidos por força de falsos mitos e conceitos socialmente legitimados. Nesta sessão estiveram presentes, além do numeroso público, um elemento dos Alcoólicos Anónimos, Nuno Rodrigues Santiago da Clínica de Recuperação de Fafe, China Pereira do Centro de Saúde de Cabeceiras de Basto, Fátima Miguel da Segurança Social e Jorge Machado da Câmara Municipal, reflectindo sobre um tema tão importante como actual, numa sociedade em cada vez mais jovens e mulheres procuram ajuda para se libertar deste vívio nocivo à saúde e que na maior parte dos casos tem reflexos no seio familiar, atingindo não só o consumidor, mas também, e sobretudo, as pessoas que vivem em seu redor.
No âmbito desta iniciativa, foram exibidos, nos dias 7 e 8 de Abril, vídeos educativos alusivos á problemática do alcoolismo, destinados a crianças com idade igual ou superior a cinco anos. A realização desta inicitiva segundo fonte da organização, visa assim incentivar pais e filhos a explorar a temática do alcoolismo e recolher informações simples e objectivas, num espaço que se pretende de reflexão e prevenção dos problemas ligados ao álcool, no vulnerável contexto da família.
Esta mostra pode ser visitada de 2ª a 6ª feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, naquele espaço cultural, localizado em plena Praça da República.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.