Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-04-2006

SECÇÃO: Região

Drª Estela Vilela Passos apresentou livro

“A Família Leite de Barros da Casa da Breia e o Hospício de Olela”, assim se intitula o livro da autoria da cabeceirense Dr.ª Estela Vilela Passos, apresentado publicamente no dia 8 de Abril, no Auditório Municipal, localizado nos Claustos do Mosteiro de S. Miguel de Refojos.
O livro retrata a história da família Leite de Barros à qual pertence a Casa da Breia, situada na freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau). De arquitectura simples, datada do séc. XVII e XIX, esta casa foi residência oficial do quarto conde de Basto na 1ª metade do séc. XIX e está classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1996, devido ao grande valor histórico e cultural que representa para o concelho, sendo um importante marco do passado vivido e não esquecido nesta terra de Basto.
É de salientar na obra, o estudo da “História de Família” aplicado à Casa da Breia nos séculos XVIII e XIX, no qual é dado especial destaque à personagem histórica de Manuel Filipe Martins Leite de Barros, que consolidou as estruturas sócio-económicas da Breia. Esta personagem foi uma figura marcante a nível político concelhio, tendo sido presidente da Câmara Municipal durante vários anos, a partir de 1845.

A cabeceirense, Drª Estela Vilela Passos
A cabeceirense, Drª Estela Vilela Passos




De referir que a autora, Dr.ª Estela Vilela Passos, é licenciada em Ciências Histórico – Filosóficas pela Universidade de Coimbra e possui várias formações no âmbito da genealogia e heráldica, nomeadamente, o curso de Genealogia e Heráldica da Universidade Moderna de Lisboa (1995-96), o curso de Heráldica do Instituto Português de Heráldica (1998), uma pós-graduação em História de Família na Universidade Moderna do Porto e é ainda membro da Associação Portuguesa de Genealogia.
Esta historiadora tem já outros títulos publicados sobre a mesma temática, designadamente relativos ao Julgado de Benviver- Pátria e Memórias, Os Antigos Senhores de Soalhães, Os Costados de Gonçalo Veiga França da Rocha e Castro e Novas Interpretações do Foral de Cabeceiras de Basto.







Na sessão de apresentação do livro marcaram presença, amigos, convidados e população em geral, assim como os autarcas, Jorge Machado, a quem coube a apresentação do vasto e rico curriculum desta autora cabeceirense, que nos últimos anos tem dedicado especial enfoque à genealogia e à heráldica, desevendando laços e relações familiares estabelecidos ao longo do tempo e que, de certa forma, contribuem para melhor conhecer as gentes desta terra.
O Presidente e Vice- Presidente da Câmara Municipal marcaram presença neste evento cultural
O Presidente e Vice- Presidente da Câmara Municipal marcaram presença neste evento cultural
Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Engº Joaquim Barreto, enalteceu a iniciativa assim como o trabalho que vem sendo desenvolvido por esta cabeceirense em prol do conhecimento das gentes desta terra, que considerou como um assinalável contributo cultural para o concelho.
O autarca ficou igualmente satisfeito pelo facto de, num espaço reduzido de tempo [9 meses], terem sido apresentadas três obras, elaboradas por três cabeceirenses, cujo teor incide sobre o concelho, as suas gentes e o seu modus vivendi.
O edil, mnostrou-se por isso, disponível para colaborar com este tipo de iniciativas que em muito contribuem para enqriquecer o património cultural de Cabeceiras de Basto.
Esta iniciativa, foi organizada conjuntamente pela Câmara Municipal e pela EMUNIBASTO, E.M., em colaboração com a autora e contribuiu certamente para, ajudar os leitores a conhecer melhor as raízes e as gentes de Basto.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.