Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-03-2006

SECÇÃO: Região

E a história continua...

Não há como boicotar eleições e ensaiar tragicomédias para os Jornais e Televisões quaado não se têm mais que fazer senão viver na míngua da crispação. O veneno do madizer e da caça às bruxas em Cabeceiras envergonha qualquer orgulhoso cabeceirense que se tem de de para com tais encenações e esquizofrenias colectivas.
E parece que ninguém entende, por este Portugal de cima a baixo, porque é que de repente se unem centenas (neste caso dezenas) com ódio na vasculatura e querem acusar tudo e todos disto ou daquilo, num preconceito de Estado-Novo, de “Boa Noite e Boa Sorte”.
Meus amigos, engrandeçam-se de uma vez por todas por aquilo que melhor podem dar pelos outros e não pelo que os outros podem representar para vocês.
A Inveja é o pior dos cancros e a dor de cotovelo a mais irritante das dores. E disso exemplo é o pasquim da outra face da política concelhia que só na Primeira Página refere o Presidente da Câmara umas cinco vezes, directa ou indirectamente. Uma obsessão congénita, e ao mesmo tempo virulenta, por parte de uma oposição sem substância que só engrandece o Edil Cabeceirense...

in, www.malmaior.blogspot.com

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.