Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-02-2006

SECÇÃO: Região

Câmara investe fortemente no sector das águas

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto tem feito, ao longo dos últimos anos, um forte investimento no sector das águas, no sentido de resolver, em algumas localidades, problemas antigos que já em 1992, mereceram por parte do executivo de então uma deliberação no sentido de lhe dar prioridade. No entanto, só em 1995 e já sob a liderança do Presidente da Câmara, Engº Joaquim Barreto, foi possível viabilizar uma solução, através da aquisição de um terreno na freguesia de Cabeceiras – S. Nicolau, onde a Autarquia efectuou uma captação de água junto ao Rio Peio, com capacidade de abastecimento em quantidade e qualidade deste bem essencial, à freguesia da vila sede do concelho, Refojos e outras freguesias, nomeadamente a vila do Arco de Baúlhe.
Recorde-se que em Outubro de 2000, entrou em funcionamento o novo sistema de fornecimento, através da captação no Rio Peio, em S. Nicolau, onde se encontra construído um poço com dois drenos radiais equipados com duas bombas submersíveis. Para completar o sistema de abastecimento foi construida a adutora que se prolonga ao longo de sete quilómetros desde S. Nicolau até Paçô e ainda, a construção e beneficiação de vários depósitos, principalmente situados em Outeiro e Vinha de Mouros, em Refojos.
Estes novos reservatórios têm capacidade para 800 metros cúbicos, possibilitando o abastecimento domiciliário à rede da sede do concelho sem falhas e em quantidade para os consumos previstos nos próximos anos.
Este sistema de abastecimento público de água representa um forte esforço financeiro por parte da Autarquia. No que se prende com a captação, a maior parte do investimento foi de carácter tecnológico, envolvendo estruturas e instalação de equipamentos e tratamento de água tecnologicamente avançados que envolvem sistemas de telemetria e de carácter sanitário, capazes de proteger e garantir aos munícipes um melhor abastecimento de água, em grande quantidade.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.