Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-02-2006

SECÇÃO: Mais e Menos

O MENOS

foto
Cabeceiras em vez de Cabeceira

Com a abertura, em Dezembro de 2005, do troço da A7/IC5 que liga Guimarães a Vila Pouca de Aguiar, detectamos algumas deficiências ao nível das placas informativas referentes a este concelho localizadas naquela importante via. Assim, ao quilómetro 47 no sentido de Guimarães para Fafe, lê-se Cabeceira, quando deveria ler-se Cabeceiras, situação que deveria ser corrigida.
Por sua vez, nas proximidades do quilómetro 76 no sentido de Ribeira de Pena – Arco de Baúlhe, a placa ali existente indica apenas as vilas de Mondim de Basto e Celorico de Basto, quando, quanto a nós, deveria ser ali colocada uma seta adicional com a indicação de Cabeceiras de Basto e Arco de Baúlhe, conforme existente no mesmo nó no sentido de Fafe para o Arco de Baúlhe.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.