Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-01-2006

SECÇÃO: Opinião

foto
Formandos tornam-se Dadores de Sangue

foto
No passado dia 11 de Janeiro decorreu uma colheita de sangue realizada pelo Instituto Português de Sangue na escola secundária do Arco de Baúlhe. Tendo conhecimento desta iniciativa e vontade manifestada pelos formandos em participarem, a equipa pedagógica dos cursos de formação profissional da Mútua de Basto e ADIB organizou uma ida à escola com o objectivo de darem sangue. Através desta iniciativa, grande parte dos formandos (uma vez que alguns foram suspensos da dádiva devido a motivos de saúde) bem como formadores tiveram um gesto plausível perante a sociedade e aumentaram a lista nacional de dadores de sangue, que apesar de vir aumentando dia após dia, devido à solidariedade dos portugueses, ainda é bastante curta aos olhos da necessidade.
E você? É dador de sangue? Não receie, lembre-se que o sangue que está a dar não é imprescindível para a sua saúde, mas que pode salvar vidas!!! Já pensou nisto? Diariamente chegam centenas de pessoas com necessidade de receber sangue aos variados serviços de saúde espalhados pelo nosso país, e só com o nosso gesto solidário podemos ajudar essas pessoas, pois o sangue não se fabrica artificialmente. Não há qualquer risco de contrair doença na dádiva de sangue, pois esta iniciativa é feita por enfermeiros e médicos. Tem dúvidas se pode dar sangue? Os requisitos para ser dador de sangue são: ter hábitos de vida saudáveis, ter um peso superior a 50 kg, bom estado de saúde, idade compreendida entre os 18 a 65 anos, em que os homens podem dar sangue de 3 em 3 meses e as mulheres de 4 em 4 meses. A dádiva de sangue, ao contrário do que se pensa, não pode ser dada em jejum, mas depois de um pequeno-almoço/refeição ligeira sem gorduras nem álcool. Antes da dádiva, passamos por um médico no qual examina a nossa história clínica, hábitos de vida bem como realiza um exame sumário. Caso se registe qualquer anomalia, a pessoa é suspensa de dar sangue, mas valeu a intenção! Para além da vantagem de ajudar um ser humano, o dador tem ainda direito a um cartão de dador de sangue, que entre muitas vantagens, ao possui-lo fica isento do pagamento de consultas nos serviços médicos, também a alguns exames e à entrada imediata nos horários de visita do serviço de internamento em qualquer hospital do país. Como vê, é fácil ajudar quem tanto precisa do seu gesto, informe-se no seu centro de saúde como e onde pode dar sangue, ou pesquise em www.ipsangue.org ou, então, esteja atento e seja o próximo a dar sangue!
foto


Por: Sílvia Machado

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.