Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 07-07-2014

SECÇÃO: Opinião

Água, uma fonte de vida!?

A água é uma necessidade básica de sobrevivência, portanto essencial à vida!
Frequentemente, não lhe damos a devida importância que tem na nossa saúde e bem-estar.
Permanecemos horas a fio sem beber, sem imaginar o quanto isso prejudica em muito a nossa saúde…por isso, mas não só, durante todo o ano devemos hidratar e reidratar o nosso corpo.
O corpo humano é composto por 60% de água. No entanto, esta hidratação deve ser reforçada sobretudo nesta época que atravessamos, em que, o calor aumenta avassaladoramente, sendo a ingestão de água várias vezes ao dia, a melhor forma de o fazer!
Uma correta ingestão diária é fundamental na prevenção de problemas como a desidratação, obstipação (prisão de ventre), fadiga/exaustão, distúrbios renais e vesicais (Cólica renal, infeção urinária, …).
Estudos recentes realçam a importância de beber líquidos (sem açúcar), sobretudo a água. Apontam valores de ingestão diária de no mínimo litro e meio a dois litros, quantidade que deverá ser superior precisamente nesta época do ano, em que, vários fatores (por exemplo: a transpiração) levam a perdas significativas e fundamentais para o bom funcionamento do organismo, bem como para a nossa sobrevivência.
A população mais vulnerável são as crianças e os idosos, sobretudo pelo facto de que a maioria das vezes, estão incapacitados ou simplesmente são incapazes de aceder a ela. Muitas das vezes porque são incapazes de a pedir pois não falam ou devido também à sua incapacidade motora… o que faz de nós como cuidadores, os grandes responsáveis pela ajuda necessária para que estes a obtenham da forma e quantidade mais adequadas… Quanto a si, já pensou na quantidade de água que ingere diariamente?
…pois é, não tem a certeza!
Uma das formas de conseguir quantificar a água que bebemos diariamente é simples, passo a explicar; pegamos numa garrafa de 1,5L de água, colocamos nela o nosso nome e apenas nós bebemos dela, ao fim do dia contabilizamos as garrafas que bebemos e assim teremos uma ideia da quantidade de água que ingerimos nesse dia. É evidente que é importante também, que não esteja à espera de que a sede apareça; sempre que se lembrar ou porque não, cada vez que olhar para a garrafa beber um pouco e tornar assim este gesto num habito saudável. Experimente!
Para além de tudo isto, temos que ter em atenção a qualidade da água que ingerimos, pois se esta não for controlada através de analises laboratoriais, podemos ao bebe-la estar a correr um grande risco pondo em perigo a nossa saúde bem como, a dos nossos entes mais queridos.
Beber de fontanários, torneiras, poços não vigiados pode causar até a morte! Não corra riscos desnecessários!
Beber água é um hábito saudável e contribui para uma vida melhor…

*Colaboradora
Anabela Rodrigues

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.