Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 07-07-2014

SECÇÃO: Informação

Barragens do Alto Tâmega representam investimento de 1.200 milhões de euros

Na sessão de lançamento dos trabalhos de implantação do Sistema Eletroprodutor do Tâmega (SET) que inclui as barragens de Gouvães, Alto Tâmega e Daivões e foi concessionado à espanhola Iberdrola, realizada em Vila Pouca de Aguiar, no passado dia 4 de julho, o ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, destacou o investimento de 1.200 milhões de euros nas três barragens do Alto Tâmega, que se traduz na criação de 13.500 postos de trabalho.
Segundo informação divulgada pela agência Lusa, o ministro empenhou-se na resolução do impasse que se vivia há 3 anos, devido a divergências entre os cinco municípios afetados pelo empreendimento e a Iberdrola por causa das contrapartidas exigidas pelos autarcas.
Sublinhado que o tempo neste processo era «essencial» e que é agora que o país precisa de investimento e da criação de emprego, o governante disse que «se a Iberdrola estava disponível para investir, se as populações estavam já convencidas de que o empreendimento se ia realizar, se os municípios já tinham dado o acordo à realização da obra, não era aceitável que, por divergências relacionadas com contrapartidas e compensações, não chegássemos a um acordo», afirmou.
O investimento será concentrado em nove anos e «vai permitir criar condições de desenvolvimento» nestes territórios do interior, sublinhando ainda a criação de 3.500 postos de trabalho diretos e cerca de 10.000 indiretos.
Moreira da Silva sublinhou ainda os 50 milhões de euros para as contrapartidas aos municípios e projetos de desenvolvimento regional que serão implementados em Boticas, Celorico de Basto, Chaves, Vila Pouca de Aguiar e Ribeira de Pena.
As três barragens vão contribuir para a «promoção das energias renováveis para que Portugal possa cumprir as suas metas para 2020 e cada vez mais possa criara condições de atingir metas mais exigentes para 2020» frisou o governante.



© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.