Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 16-06-2014

SECÇÃO: Informação

Antigo Ministro do Trabalho e da Solideriedade Social Vieira da Silva visitou equipamentos sociais concelhios

O Deputado da Assembleia da República, Dr. António Vieira da Silva, visitou no dia 13 de junho, Cabeceiras de Basto. Uma visita inserida no programa comemorativo dos 20 anos do PS no poder local, que a Comissão Política está a promover.
Percorrer os ‘Caminhos [Sociais] do Desenvolvimento’ foi o tema desta jornada em terras de Basto, durante a qual o antigo Ministro das pastas do ‘Trabalho e da Solidariedade Social’ e da ‘Economia, Inovação e Desenvolvimento’, teve a oportunidade de visitar diversos equipamentos sociais, cuja construção contou com o apoio de verbas atribuídas pelos ministérios que então dirigiu. Referimo-nos à ADIB- Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto, que uma vez contactada pelo PS local, prontamente abriu as suas portas para receber tão ilustre visitante, um amigo de Cabeceiras de Basto, a quem convidou a almoçar nas instalações do Centro de Dia e foi recebido por utentes, técnicos e dezenas de crianças reconhecendo desta forma todo o apoio prestado a esta IPSS. O Presidente e o Vice – Presidente da Câmara, China Pereira e Francisco Alves, assim como, o Presidente da Comissão Política Joaquim Barreto e dirigentes da associação, estiveram presentes.

Junta de Freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau) recebeu Vieira da Silva

O antigo governante seguiu a sua jornada em direção a Cabeceiras de Basto (S. Nicolau), onde foi recebido na Junta de Freguesia pelo seu presidente José Carlos Rebelo e demais membros daquela autarquia. José Carlos Rebelo no uso da palavra disse ser uma honra receber o Dr. Vieira da Silva, um homem que muito ajudou aquela freguesia em particular e o concelho em geral. “O povo de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau) é um povo grato, reconhecido para com aqueles que lhes fazem bem e por isso é um gosto, receber tão ilustre visitante”, a quem convidou a deixar uma mensagem no livro de honra.
Na oportunidade Vieira da Silva disse que enquanto governante fez o seu trabalho na área da solidariedade social, já que o Estado não se pode desresponsabilizar das suas funções. O país só pode progredir com o esforço de todos e considerou que tem que haver articulação entre quem governa e as pessoas envolvidas nas diferentes coletividades. O antigo governante terminou dizendo que respeita muito quem dedica parte das suas vidas a erguer associações, que exigem hoje em dia um trabalho conjunto. Tem que haver equilíbrio na forma de governar.

Lar de Bucos saudou antigo governante

Em Bucos, Vieira da Silva, visitou o Lar onde foi recebido pelo Pároco, Avelino Vilela, pelo Presidente da Junta de Freguesia José Brás, outros autarcas e pelos utentes, técnicos e dirigentes daquela instituição de solidariedade social, também ela apoiada significativamente pelas verbas atribuídas pelo Ministério que dirigiu e que ajudaram a concretizar este projeto, uma importante valência para a freguesia e para o concelho.
No uso da palavra, o Pároco Avelino Vilela reconheceu e elogiou o trabalho realizado pela Câmara Municipal nos últimos anos que muito desenvolveu o concelho e que muito colaborou com a instituição que dirige ajudando a captar verbas para a construção do Lar, satisfazendo uma antiga pretensão. Verbas, essas, atribuídas pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade a quem muito agradeceu na pessoa do Dr. Vieira da Silva e cuja presença, em Bucos, é um motivo de grande orgulho e satisfação.
O deputado realçou a importância e a vontade de vários agentes em fazer solidariedade e adiantou “já entrei em muitos lares, mas aqui facilmente posso ver que esta é uma casa bem gerida e trabalhada com afeto” o que considerou fundamental para a dignidade das pessoas.

Centro de Emprego no Arco de Baúlhe e Lar e Creche de Cavez abriram as portas
ao deputado

Os ‘Caminhos [sociais] do desenvolvimento’ prosseguiram desta feita, no Arco de Baúlhe, onde visitou o Centro de Emprego das Terras de Basto. Recebido por Nuno Boticas, diretor do Centro de Emprego do Médio Ave, o deputado visitou as instalações e partilhou também com a comitiva e técnicos daqueles serviços reflexões sobre as políticas sociais e de emprego em curso e a prazo para a região e o país, nomeadamente no que à formação e à criação de emprego diz respeito. Vieira da Silva diz que “é necessário adaptar as novas necessidades às novas realidades tendo por base uma visão estratégica”.
Seguindo para o Lar e Creche de Cavez, Vieira da Silva foi recebido pela Diretora técnica Alexandra Teixeira que mostrou esta instituição onde foi possível contactar com crianças, educadores, utentes e técnicos da área social, verificando in loco o funcionamento desta instituição também financiada pelo programa PARES no âmbito da sua ação governativa.
Uma visita que deu para perceber a excelências das respostas sociais que Cabeceiras de Basto dispõe na área da infância e do apoio ao idoso.

Autarcas do Arco
receberam antigo Ministro

A jornada prosseguiu com uma visita à Casa do Povo, obra cuja recuperação contou com importante financiamento do ministério que dirigiu e que hoje, permite a prestação de vários serviços à comunidade num belo e recuperado edifício que integra o património daquela vila e é uma referência para os arcoenses. O antigo governante deixou um testemunho da sua visita no livro de honra desta freguesia, a quem os autarcas agradeceram por todo o apoio prestado que muito contribuiu para o progresso daquela localidade.

Vieira da Silva visitou Parque Urbano

De regresso a Cabeceiras de Basto, Vieira da Silva percorreu ainda o Parque do Mosteiro e a zona adjacente, obras apoiadas pelo Ministério da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento, que então dirigiu.
Após visitar as instalações da ‘temporária’ sede do PS e a exposição ali patente, onde observou o trabalho desenvolvido nas últimas duas décadas e através dele a expressa vontade do PS em desenvolver Cabeceiras de Basto e proporcionar à população a qualidade de vida o bem estar que esta merece. O antigo governante verificou que os 20 anos do PS à frente dos destinos do concelho teve como preocupação principal trabalhar com as pessoas e para as pessoas, pugnado pelo desenvolvimento sustentado e norteado por uma visão estratégica de futuro.
No final da jornada o Governante foi recebido no edifício dos Paços do Concelho, pelo edil China Pereira que disse ser um homem reconhecido por todo o apoio prestado ao concelho de Cabeceiras de Basto. Na oportunidade, o autarca ofereceu a Vieira da Silva uma monografia do concelho, convi-dando-o a associar-se à candidatura do Mosteiro de S. Miguel de Refojos a Património Cultural da Humanidade.

«Políticas Sociais: novos
e velhos desafios»

Vieira da Silva terminou a sua visita a Cabeceiras de Basto, com uma palestra no Auditório da Casa do Tempo, onde mais de uma centena de pessoas compareceram para ouvir falar sobre «Políticas sociais: novos e velhos desafios».
Joaquim Barreto, Presidente da Comissão Política do PS felicitou Vieira da Silva que considerou um amigo de Cabeceiras de Basto e que muito ajudou no desenvolvimento desta terra, através de financiamento a diversas obras, nomeadamente de âmbito social que aumentaram qualitativa e quantitativamente as respostas e as valências sociais neste concelho.
Foi uma jornada que nos encheu de satisfação, disse Joaquim Barreto, que não deixou de criticar alguns dirigentes concelhios, nomeadamente do Centro Social e da Fundação A J Gomes da Cunha, de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau) pela sua ‘indisponibilidade’ para receber Vieira da Silva. Criticas estas, aplaudidas e apoiadas pela numerosa plateia que ali se deslocou, já que se trata de entidades que receberam verbas dos Ministérios que dirigiu e que desta forma revelaram um gesto de ingratidão para com os governantes e autarcas.
No uso da palavra China Pereira, felicitou os autarcas do PS, destacando Joaquim Barreto, cuja ação nas últimas duas décadas mudou a face do concelho e colocou Cabeceiras de Basto na senda do desenvolvimento. O autarca felicitou também Vieira da Silva por todo o apoio prestado ao longo dos anos a este Município, na construção de diversas valências até então inexistentes, cuja construção veio garantir maior qualidade de vida sobretudo ao setor mais idoso da população. China Pereira terminou felicitando toda a equipa que com o Eng.º Joaquim Barreto trabalhou nos últimos anos, dizendo que é um desafio continuar a desenvolver Cabeceiras de Basto, procurando seguir o seu legado e desta forma continuando a fazer desta, uma terra onde as pessoas possam viver bem e felizes.
No uso da palavra Vieira da Silva saudou o PS por esta iniciativa, reflexo da ação e da capacidade de realização do imenso trabalho desenvolvido nesta terra com quem tem uma ligação muito forte. Com os cabeceirenses Vieira da Silva partilhou a sua visão das políticas sociais, que considerou não despesistas, mas resultantes da ambição do PS de proporcionar aos portugueses um futuro melhor, idêntico aos modelos sociais europeus dos países mais desenvolvidos.
Na sua abordagem Vieira da Silva, falou ainda sobre a história e o Estado Social, a globalização dos mercados e as suas consequências, assim como, o equilíbrio dos poderes. Falou ainda, do projeto de integração europeia, das grandes recessões e de Portugal e os impactes da crise. O aumento significativo das dificuldades, a mobilidade social descendente foram igualmente abordados nesta sessão onde Vieira da Silva considerou que “recuperar a esperança é o novo desafio das políticas sociais”.




























































© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.