Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 05-05-2014

SECÇÃO: Informação

FINALMENTE, O CALOR CHEGOU!

Depois de um inverno que parecia não ter fim. Finalmente, o calor chegou!
Deixamos para traz os ca-sacos, camisolas de lã, cache-col,…venha daí o chapéu, a manga curta, os dias grandes repletos de luz do sol e este calorzinho que mais faz parecer um abraço amigo…
Pois é, ele chegou mas, não vem sozinho! Traz inadvertida-mente alguns perigos aos quais muitas vezes não estamos atentos ou simplesmente adota-mos aquela atitude passiva, ‘a mim não’ é ‘só nos outros’…
Mas, quando nasce o sol é para todos e com a mesma intensidade! E depois lá vem o escaldão, a dor, o prurido, des-conforto causados pela exposi-ção desprotegida e prolongada ao sol.
A luz do Sol é constituída, entre outros elementos, por radiação ultravioleta de três tipos: UVA- Raios Ultravioletas são responsáveis pelo envelhecimento da pele (Rugas, Sardas e Despigmentação) e pelo melanoma (Doença Cutânea Incurável); UVB- Raios Ultravioletas são responsáveis pelas cataratas nos olhos, queimaduras cutâneas e diminuição das defesas orgânicas (Sistema Imunitário); UVC - Raios Ultravioletas mais perigo-sos, são bloqueados pela camada de ozono.
Por estas razões é fundamental protegermo-nos contra os perigos da exposição solar excessiva, especialmente as crianças.
No entanto, a exposição ao sol por si só não quer dizer que seja de todo maléfica, mas sim que devemos ter uma exposição solar de forma saudável. Assim, antes de sair de casa, certifique-se que sai protegido!
Use um protetor solar com fator de proteção adaptado ao seu tom de pele e idade, preferencial-mente com fator de proteção 50. Renove a camada protetora de 2 em 2 horas e sempre após uma ida à água. Uma exposição solar inadequada e exagerada, não só aumenta o risco de desenvolver cancro da pele ao longo dos anos, como evidente-mente provoca o envelhecimentos dos tecidos, levando ao aparecimento de rugas em idades mais precoces.
Hidrate bem a sua pele após um dia de exposição solar. Evite a exposição solar entre as 11 e as 17h. Se tiver crianças com menos de 6 meses evite por completo a exposição solar, e com menos de 3 anos opte pela exposição indireta (debaixo do guarda-sol, com uso de t-shirt e de chapéu). Durante o Verão use e abuse dos óculos de Sol (com uma boa proteção contra os raios UV) e chapéu.
Chegou o calor e associado a este, lá vêm os períodos de um aumento da temperatura por vezes avassalador! É essencial repor a água no organismo, que se vai perdendo com a transpiração.
A água é essencial à vida! Frequentemente é descuidada a sua importância na nossa saúde e bem-estar. Estudos recentes realçam a importância de beber líquidos, nomeadamente a água e apontam valores de ingestão diária de no mínimo dois litros, quantidade que deverá ser superior precisamente nesta época do ano. Uma correta ingestão diária é fundamental na prevenção de problemas como a desidratação, obstipação, fadiga/exaustão, distúrbios renais e vesicais (Cólica renal, infeção urinária).
Devemos ter especial cuidado com os idosos e as crianças de menor idade, sobretudo pelo facto de que a maioria das vezes, não alertam para o limiar de desidratação. Muitas das vezes porque são incapazes de a pedir pois não falam ou devido também à sua incapacidade motora… o que faz de nós como cuidadores, os grandes responsáveis pela ajuda necessária para que estes a obtenham da forma e quantidade mais adequadas… Quanto a cada um de nós, já parou para pensar na quantidade de água que ingere diariamente?…Pois é, não tem a certeza!
Uma das formas de conseguirmos quantificar a água que bebemos diariamente é simples e passo a explicar; pegamos numa garrafa de 1,5L de água, colocamos nela o nosso nome e apenas nós bebemos dela, ao fim do dia contabilizamos as garrafas que bebemos e assim teremos uma ideia da quantidade de água que ingerimos nesse dia. É evidente que é importante também, que não esteja à espera de que a sede apareça; sempre que se lembrar ou porque não, cada vez que olhar para a garrafa beber um pouco e tornar assim este gesto num hábito saudável. Experimente!
Faça a prova durante algum tempo e depois conte-me a sua experiência, pode fazê-lo através de carta dirigida a mim para este jornal ou através do telefone do mesmo.
Seja prudente consigo e com aqueles que mais ama, tenha uma vida melhor…

* Colaboradora
Anabela Rodrigues

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.