Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 24-03-2014

SECÇÃO: Informação

Mútua de Basto/Norte comemora 26 anos ao serviço dos agricultores e do desenvolvimento rural

A Mútua de Basto/Norte – Associação de Desenvolvimento Rural Mútua de Seguros e Multi-serviços, com sede em Cabeceiras de Basto, assinalou no dia 17 de março, o seu 26º aniversário, com um singelo convívio que reuniu dirigentes, funcionários e associados.
Esta instituição concelhia tem sido ao longo dos últimos 26 anos uma força ativa e interventiva, com uma área de incidência inicial nos concelhos das Terras de Basto e atualmente na área geográfica da Região Norte.
A atividade e intervenção desenvolvidas têm sido direcionadas principalmente para as pessoas que trabalham na agricultura e que promovem o desenvolvimento rural. No quadro da sua atividade ao serviço dos agricultores e dos cidadãos, a Mútua de Basto tem desenvolvido iniciativas que vão desde a qualificação das pessoas, através da formação profissional, da gestão agrícola, dos apoios e aconselhamento aos agricultores, dos seguros em grupo, da sanidade animal, etc.
Segundo informação divulgada, este projeto que nasceu há 26 anos em Cabeceiras de Basto foi um projeto pioneiro e inovador com uma abrangência e multiplicidade de serviços que tem contribuído para a formação e o bem-estar das pessoas e do desenvolvimento rural.
A direção da Mútua de Basto/Norte, em representação dos associados e colaboradores, congratula-se com a passagem de mais um ano ao serviço dos agricultores e do desenvolvimento rural e está determinada em continuar com o mesmo espírito de missão este serviço e este trabalho associativo que é relevante para o futuro.
De referir que a Mútua de Basto/Norte é uma instituição de utilidade pública, que ao longo dos últimos vinte e seis anos de existência e de atividade efetiva muito tem contribuído para a valorização e promoção do território e da qualidade de vida das pessoas.
Trata-se de uma associação privada sem fins lucrativos, constituída por escritura pública de 17 de março de 1988, que atualmente reúne cerca de 14.000 sócios, distribuídos em especial pelos quatro concelhos de Basto, mas também por toda a região Norte.
De referir ainda que é este caráter inovador e transversal de intervenção, que integra o ADN desta Associação, que lhe tem permitido ao longo dos anos alcançar projeção nacional e internacional e arrecadar troféus, tais como o segundo e terceiro lugar na categoria de Melhor Experiência de Associativismo Agrário, em 1994 e 1995 respetivamente e em 2008, o primeiro lugar na categoria de Iniciativas de Desenvolvimento Rural, na importante Feira Internacional de Silleda, na Galiza.





















© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.