Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 03-03-2014

SECÇÃO: Desporto

Plátano junto ao polidesportivo da Cumieira vandalizado

foto
Inqualificável. Assim se pode descrever o ‘atentado’ a que o plátano existente junto ao Polidesportivo da Cumeira, na Freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau) foi alvo, no passado mês de fevereiro.
De imediato, a Junta de Freguesia comunicou este ato de pura malvadez às autoridades policiais (GNR) de Cabeceiras de Basto para que o mesmo seja investigado. No entanto não evitou o derrube desta bela árvore que no verão fazia as delícias dos frequentadores daquele espaço e com a sua sombra cobria uma área considerável, proporcionando locais de frescura à beira-rio.
Segundo o presidente da Junta de Freguesia, José Carlos Rebelo, o ato que as fotografias testemunham ocorreu, lamentavelmente, pela calada da noite. O plátano teve que ser cortado, uma vez que punha em risco não só os utilizadores do polidesportivo como também os pescadores desportivos, uma vez que se aproxima a época de pesca.
Esperamos que atos deste género não passem de atos isolados, disse o autarca que apelou a quem tiver alguma informação adicional relevante referente ao caso, a comunique às autoridades.









© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.