Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 03-03-2014

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara

O conto 'Martinho' foi adaptado para teatro pelo CTCMCB
O conto 'Martinho' foi adaptado para teatro pelo CTCMCB
500 Anos do Foral Manuelino marca 9ª edição do Concurso Literário Nacional Conto Infantil

Reuniu no dia 14 de fevereiro, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Sob a presidência do Dr. Serafim China Pereira, do vários assuntos tratados, destaque para a decisão do executivo em promover a realização de mais uma edição do Concurso Literário Nacional de Cabeceiras de Basto – Conto Infantil, com o objetivo de impulsionar o conto infantil e através dele, criar e consolidar hábitos de leitura e de escrita, fomentar a escrita criativa e valorizar a expressão literária, ao mesmo tempo que ajuda a divulgar autores portugueses e aspetos relativos à cultura literária e através deste, a cultura cabeceirense.
Segundo informação divulgada e à semelhança do que tem vindo a acontecer em anos anteriores, a nona edição do Concurso Literário, a dinamizar através da Biblioteca Municipal Dr. António Teixeira de Carvalho, destina-se a pessoas que não tenham nenhum livro publicado na área da literatura, podendo os interessados entregar os trabalhos até ao dia 31 de agosto de 2014. Os resultados serão divulgados em outubro próximo e aos vencedores serão atribuídos prémios no valor de 500 euros -1º prémio, 300 euros -2º prémio e 200 euros -3º prémio. O regulamento prevê ainda a atribuição de uma menção honrosa no valor de 150 euros para o melhor jovem escritor.
De referir ainda, que os trabalhos serão avaliados por um júri constituído para o efeito que na sua seleção terá em conta critérios como organização, coerência e coesão do texto, obediência às características do género em questão, criatividade e qualidade literária.
Este ano, 2014, data que assinala os 500 Anos da atribuição do Foral a Cabeceiras de Basto, os contos deverão ainda ter uma alusão ao Foral Manuelino de 1514.
De referir que, no âmbito desta iniciativa municipal, que ao longo dos anos tem registado um número muito significativo de participantes provindos de diferentes localidades do território nacional e das ilhas, em 2012, foi publicada uma coletânea de contos infantis vencedores das sete primeiras edições de grande qualidade, que se revela também um importante contributo para a promoção do concelho, da cultura, da história e do património. Dada a sua beleza, um dos contos vencedores – Martinho - foi já adaptado e encenado pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, reflexo da aposta municipal nos diferentes setores culturais.

Câmara indica
representante na CPCJ

Na reunião, o executivo municipal decidiu aprovar como represente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, na CPCJ – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, o Vice-Presidente Francisco Alves. A proposta apresentada justifica-se, tendo em conta os conhecimentos e competências adquiridas para o desempenho desta função, consolidadas ao longo dos últimos anos naquela Comissão, que integrou em representação da Assembleia Municipal desde 27 de novembro de 2009 e onde tem exercido até à data de hoje o cargo de Presidente para o qual foi eleito pela Comissão Alargada em 10 de julho de 2012.
O executivo decidiu também ratificar o Protocolo estabelecido com a Associação Cavez, Clube de Caça e Pesca, no âmbito da Montaria ao Javali promovida no dia 15 de fevereiro.
O executivo decidiu apoiar logisticamente, o Arco Rotações Clube, no âmbito da promoção do XIV Passeio de Motos TT que aquela coletividade realizou no próximo dia 22 de fevereiro e que reuniu centenas de adeptos da modalidade não só de Cabeceiras como de vários pontos da região.






















© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.