Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 20-01-2014

SECÇÃO: Informação

Executivo avança com estudos no âmbito da Promoção de Acessibilidades de Cabeceiras de Basto

Sob a presidência do Dr. Serafim China Pereira, reuniu no dia 27 de dezembro, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Segundo informação divulgada, dos assuntos tratados, destaque para a decisão do executivo em avançar com a elaboração de mais dois estudos no âmbito do Plano Municipal de Promoção da Acessibilidade de Cabeceiras de Basto, sendo um deles, referente à via pública na freguesia de Cavez e o outro referente às Praias Fluviais.
A adjudicação da elaboração dos estudos referidos integra-se no Plano Municipal de Promoção da Acessibilidade de Cabeceiras de Basto que incide em cinco áreas de intervenção - espaço público, edifícios, transporte, comunicação e infoacessibilidades - e tem em vista ultrapassar as dificuldades de mobilidade dos cidadãos. Através da implementação deste Plano, pretende-se lançar um olhar atento a todo o trabalho a realizar futuramente ao nível da mobilidade das pessoas, nomeadamente crianças, idosos e deficientes, ao mesmo tempo que se procurará resolver problemas atuais e pontuais com a supressão de barreiras arquitetónicas, bem como, encontrar soluções integradas de acessibilidade para todos.
Ao avançar com este Plano, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto visa dar respostas às verdadeiras necessidades dos habitantes deste concelho, melhorando a qualidade de vida de todos sendo os cidadãos com dificuldades de mobilidade os mais óbvios beneficiários.
De referir que a concretização deste plano municipal - que remonta ao ano de 2012, altura em que, foi adjudicada a prestação de serviços para a elaboração do primeiro estudo, desta feita, referente à via pública, na freguesia de Refojos de Basto, sede do concelho – apresenta-se como um importante passo na resolução do problema das acessibilidades, que uma vez associado a um plano de gestão e acompanhamento irá contribuir para assegurar a implementação das soluções encontradas seja através da aplicação de diretrizes, do estabelecimento de parcerias, da realização de campanhas de sensibilização ou de um conjunto de medidas específicas e imediatas tendo em conta as necessidades do Município e dos cidadãos.
Na reunião, o executivo municipal, autorizou ainda a cedência de transporte solicitado pela ARS Norte – ACES Ave I – Terras de Basto, Unidade de Saúde Pública, para o IPO – Instituto Português de Oncologia, no Porto, na sequência do rastreio ao cancro da mama que tem sido realizado em Cabeceiras de Basto e que, em alguns casos, requer exames complementares de diagnóstico.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.