Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 16-12-2013

SECÇÃO: Opinião

INCOMODADO!

Por que terá ficado tão incomodado Jorge Machado, dissidente do PS e líder dos autointitulados independentes, com a proposta de Joaquim Barreto para que a Câmara Municipal realize uma auditoria às contas e à atividade de diversos setores do Município relativa aos últimos dois mandatos?

Por que será que Jorge Machado só queria que se fizesse uma auditoria às contas e à atividade municipal realizada no ano de 2013?

Por que insiste Jorge Machado em anunciar que vai propor uma auditoria referente só ao ano 2013, depois de, ele próprio, já ter votado favoravelmente a auditoria aos mandatos 2005 - 2009 e 2009 - 2013?

Querem ver que o incómodo estará relacionado com o facto de muitas das áreas a auditar terem sido dirigidas pelo próprio Jorge Machado quando, ainda no PS, vereador eleito por este Partido e até vice-presidente da Câmara, era responsável por pelouros tão importantes como o das obras particulares.

Querem ver que Jorge Machado quer uma auditoria a 2013 porque, a partir de novembro de 2012, deixou de ter pelouros atribuídos e, como tal, entenderá não ter tido responsabilidades na gestão da autarquia no ano 2013. Diga-se, em abono da verdade, que Jorge Machado nunca renunciou ao mandato, o que até lhe teria ficado bem. Com efeito, há já muito tempo que fazia reuniões e encontros com os seus apoiantes para a constituição de um movimento - como veio a acontecer - e continuava, na Câmara Municipal, sentado na bancada do PS, votando favoravelmente as propostas socialistas. A isto chama-se conspiração. E, portanto, conspirar foi o caminho e a atitude que escolheu para atingir os seus objetivos. Convenhamos que não foi muito bonito.

Mas, continuando. Querem ver que o anúncio de uma auditoria para 2013 serve para distrair e confundir os cidadãos, na lógica de que auditoria com auditoria se lança a confusão.

Resta-nos aguardar para ver os próximos capítulos deste folhetim.
E, já agora, esperemos pelos resultados.

MM

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.