Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 18-11-2013

SECÇÃO: Informação

Flash mob mobilizou centenas de estudantes

No passado dia 15 de novembro, a Unidade de Cuidados à Comunidade de Cabeceiras de Basto, juntamente com o Agrupamento de Escolas, efetuou um flash mob referente ao Dia do Não Fumador, com a realização de duas ações em simultâneo a decorrer (entre as 10h e as 10:15h), na Escola Básica e Secundária de Cabeceiras de Basto e na Escola Básica do Arco de Baúlhe.
O público-alvo deste projeto foram os alunos do 8º ano, por ser um grupo restrito com fortes probabilidades de risco e por terem participado num estudo para um diagnóstico de saúde sobre o consumo do tabaco, cujos resultados ainda não são conhecidos, mas serão revelados em breve.
Como refere a enfermeira responsável por este projeto, Anabela Rodrigues, “é nas idades, sobretudo na passagem da adolescência para a juventude, que iniciam a atividade e hábitos tabágicos”, citou.
Tal como está comprovado em estudos realizados recentemente, se os jovens não iniciarem essa dependência tabágica até aos 25 anos não vão ser adultos fumadores.
Segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde são cerca de 5,4 milhões de pessoas que morrem anual-mente devido ao tabaco, registando-se uma média de 10 mil mortes por dia, aproximadamente, 416 por hora. Em Portugal os números apontam para quatro mil novos casos de cancro do pulmão por ano, em que 80% dos casos são resultantes dos hábitos tabágicos adquiridos na adolescência.
Relativamente à importância desta iniciativa, visto que é um flash mob com o intuito de criar impacto, a enfermeira Anabela Rodrigues salientou os principais objetivos do evento, sendo eles a educação para a prevenção do consumo de tabaco na comunidade escolar e comunidade exterior, atrasar os alunos à iniciação tabágica, desenvolver as capacidades de decisão contra o consumo de tabaco ou iniciação e sensibilizar para o comportamento de risco, que é fumar e seus malefícios.
A responsável de saúde destacou: “queremos sensibilizá-los porque estão a desenvolver a capacidade de decisão, queremos aumentar neles a reflexão e a capacidade de dizerem não ao tabaco.” Disse ainda que o tabaco deixou de ser moda e “o que está na moda agora é ser saudável”.
A iniciativa teve muita adesão, quer pelos alunos do 8º ano como pela restante comunidade escolar.
A organizadora do projeto agradeceu desde logo a colaboração, simpatia e disponibilidade da diretora do Agrupamento de Escolas, Professora Céu Caridade. Agradeceu também às pro-fessoras Hélia Vilas e Celeste Vilas, à coordenadora de saúde, professora Sílvia Moreira, à equipa da UCC nomeadamente à coordenadora a enfermeira Cidália Coutinho, à enfer-meira Cláudia Boticas especializada em saúde materna e obstetra e à enfermeira Elsa, especialista em enfermagem comunitária.
“Não posso deixar de agradecer aos patrocina-dores, sem eles nada disto seria possível”, realçou Anabela Rodrigues. Sendo eles: Continente Bom Dia de Cabeceiras de Basto, Decorbasto, Andarbasto, gabinete de estética Odete Costa, cabeleireira Graça Marques, Padaria Pastelaria Sãozinha, fruta Arnaldo Martins, Casa Oliveira de Francisco Cândido Martins Oliveira- Arco de Baúlhe (artigos de pesca, máquinas, etc.), Beauty Style, café Místico, loja de fábrica (outlet de calçado) Centro Veterinário de Basto, Estúdio Luís Santos Arco de Baúlhe, Glibsolutions ( equipamento informático), Farmácia Barros e Serralharia o Bota.
Os alunos vestiram t-shirts com uma mensagem sobre a temática do tabagismo, de forma a fazer refletir sobre ela, toda a comunidade escolar. Também foi afixado um cartaz com o slogan: “Em vez de fumar coma uma peça de fruta”. Sendo no fim distribuída uma maçã pelos alunos.
O balanço desta iniciativa foi satisfatório, disse a enfermeira Anabela: “correu muito bem, aqui em Cabeceiras e tenho conhecimento que no arco também, o objetivo foi cumprido”. Recordou ainda que “é fundamental agir nas gerações mais novas”, incitando-os a encarar o tabaco como um perigo, uma droga causadora de doenças, para que amanhã se obtenham resultados na redução do cancro do pulmão, entre outras doenças.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.