Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 28-10-2013

SECÇÃO: Informação

Coletividades recebem apoio

Na reunião camarária realizada no dia 17 de outubro pelo anterior executivo municipal, destaque para a atribuição de apoios a diversas coletividades tendo em vista a promoção de inicia-tivas várias em diferentes setores de atividade, cuja promoção contribui direta ou indiretamente para o bem-estar da população.
Neste âmbito, o executivo municipal decidiu apoiar o Clube de Praticantes de Ralis de Basto, tendo em vista ajudar a custear as despesas inerentes à realização do 2º Rali de Abadim/Cabeceiras de Basto, promovido em colaboração com o Motor Clube de Guimarães, iniciativa que trouxe, no verão passado, às aldeias da Cabreira muitos adeptos e participantes da modalidade.
Na reunião, foi igual-mente atribuído um apoio logístico ao Conselho Eco-nómico e Paroquial de S. Martinho do Arco de Baúlhe. Um apoio consubstanciado no fornecimento de mão-de-obra, máquinas e materiais destinados à remodelação e beneficiação do espaço envolvente à Capela de Nossa Senhora dos Remédios, importante templo religioso localizado em plena vila arcoense.
De igual modo, foi apoiada a Associação Guias de Portugal – 1ª Companhia de Cabeceiras de Basto, através da disponibilização do Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto para o desenvolvimento de uma peça de teatro inserida no projeto Ter Mãos Grandes – Missão Moçambique, a levar a cabo no corrente ano de 2013 e em 2014. A esta associação foi ainda autorizada a cedência de espaços públicos e transporte para a execução de atividades diversas a promover no âmbito do referido projeto de solidariedade.
De referir que o valor global dos apoios atribuí-dos- financeiros e logísticos –foi de 4.899,30 euros.
Na reunião, o executivo tomou conhecimento do ofício enviado pelo Muni-cípio da Póvoa de Lanhoso, agradecendo toda a colaboração prestada pelo então presidente da câmara cabeceirense, Eng.º Joaquim Barreto, reconhecendo a importância como os dois municípios cooperaram ao longo dos diversos manda-tos, colocando sempre os interesses das populações acima de qualquer interesse dos partidos que os dois representam. A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto decidiu retribuir e agradecer a forma como a CM da Póvoa de Lanhoso sempre colaborou com a CM de Cabeceiras de Basto na implementação e desenvolvimento de políticas que contribuíram para o bem-estar e o progresso deste concelho.
O executivo registou também o ofício enviado pelo Grupo Desportivo de Cavez agradecendo a colaboração prestada no âmbito das provas de atletismo realizadas nas festas de S. Bartolomeu e que reuniram mais de duas centenas de atletas.
Da mesma forma, registou a missiva enviada pela AADVDB – Associação de Apoio aos Deficientes Vi-suais do Distrito de Braga, agradecendo toda a disponibilidade, cooperação, solidariedade e apoios concedidos àquela instituição que integra nos seus associa-dos vários cidadãos cabe-ceirenses.
O executivo tomou conhecimento da informação enviada pela ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses, dando conta da sua oposição à implementação de “políticas erradas de ataque à coesão social” no que ao encerra-mento dos serviços de finanças diz respeito e manifestando surpresa por delas ter tomado conhecimento através da comunicação social.
Por fim, o anterior executivo decidiu ratificar diversos protocolos de cooperação estabelecidos entre o Município e outras entidades tais como: a Fábrica da Igreja Paroquial de Outeiro tendo em vista a cedência de três salas da Escola Básica da Sobreira, na freguesia de Outeiro para efeitos de catequese e eventuais reuniões com pais ou paroquiais; a Associação Recreativa de Moimenta disponibilizando uma sala da EB 1 de Moimenta para a realização dos ensaios do Rancho ‘As Lavradeiras da Vila de Cavez’, coletividade que integra mais de sessenta elementos, na sua maioria da freguesia de Cavez; a entrega da antiga Casa do Professor em Cambezes e respetivo logradouro, à Régie cooperativa Basto Vida tendo em vista a dinamização de um Espaço de Convívio e Lazer, direcionado sobretudo para a faixa etária mais idosa da população.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.