Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 07-10-2013

SECÇÃO: Informação

Cabeceiras de Basto estabelece protocolos e avança geminação com Sury-le-Comptal

Ainda na sequência das principais deliberações tomadas na última reunião de Câmara, o executivo municipal decidiu estabelecer diversos protocolos tendo em vista a disponibilização de espaços devolutos destinados ao desenvolvimento de atividades diversas de apoio à comunidade, sejam de cariz social, recreativo, desportivo ou da prestação de seviços de proximidade, garantindo desta forma a sua dinamização e conservação ao mesmo tempo que passa a dispor de novas valências.
Neste âmbito, e segundo informação divulgada, a Câmara decidiu assinar um protocolo de colaboração com a Junta de Freguesia de Vilar de Cunhas e com o Conselho Diretivo de Baldios do lugar de Cunhas destinado à disponibilização da Escola Básica 1 de Cunhas, para a promoção de iniciativas diversas em prol da comunidade.
Da mesma forma foi decidido assinar um protocolo com a Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto – ADIB para utilização de uma sala na antiga escola básica 1 da Cumieira, na freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau).
O executivo municipal decidiu igualmente autorizar a cedência de instalações no Centro Comunitário de Cavez, tendo em vista a instalação de uma farmácia naquela vila cabeceirense, que há vários anos dispõe de posto médico ao qual afluem as pessoas dos lugares mais sertanejos deste concelho assim como de outras terras de municípios limítrofes.
Foi igualmente decidido estabelecer uma parceria com a Junta de Freguesia de Riodouro transferindo-lhe deste modo, a gestão, conservação, reparação e limpeza do cemitério municipal de Toninha.
Com o Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, o executivo decidiu celebrar um protocolo para garantir o fornecimento de refeições escolares aos alunos da EB 1 e Jardim de Infância do Arco de Baúlhe.
Geminação com Sury-le-Comptal

O executivo municipal decidiu encetar um processo de cooperação e intercâmbio com a localidade francesa de Sury-le-Comptal, tendo em vista a geminação destas duas localidades. De referir que este é um processo que remonta ao ano de 2011, altura em que se estabeleceram os primeiros contactos, através de missiva enviada por aquele município gaulês manifestando a vontade de firmar uma geminação com Cabeceiras de Basto.
Trata-se de uma terra localizada no Departamento de La Loire, na Região Rhône-Alpes, a 80km de Lyon, região onde residem também muitos portugueses naturais deste concelho.
De referir que em Sury-le-Comptal, existe a associação ‘Union Amicale de Portugais de La Loire’, que desenvolve atividades direcionadas para a comunidade portuguesa ali radicada, assim como, diversas famílias de cabeceirenses que ali residem e que afirmaram a sua vontade em alargar horizontes e fazer com que cada português se sinta mais ligado às suas origens.
Em julho de 2013, o edil Cabeceirense, Eng.º Joaquim Barreto, visitou aquela localidade contactando com os autarcas e os emigrantes portugueses.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.