Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 26-08-2013

SECÇÃO: Informação

Festa das Coletividades animou Cabeceiras de Basto (S. Nicolau)

Autarcas visitaram mostra das associações
Autarcas visitaram mostra das associações
A freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau) acolheu no dias 16, 17 e 18 de agosto mais uma edição da Festa das Coletividades/Feira dos Saberes e dos Afetos, uma iniciativa que promoveu durante o fim de semana, para além da exposição da ‘Vida Associativa’ da freguesia, um conjunto de atividades desportivas e animação musical, com o tradicional folclore e concertinas.
O certame chegou ao fim com a entrega de prémios às coletividades participantes na festa, bem como nas provas desportivas, uma iniciativa na qual marcaram presença os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto e Dr. China Pereira, assim como os presidentes das Juntas de Freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau) e de Refojos, Francisco Correia e Francisco Alves, entre outros autarcas, representantes das associações locais e população em geral.
Entrega dos prémios
Entrega dos prémios
Na oportunidade, o presidente da Câmara Municipal, Eng. Joaquim Barreto, cumprimentou todos os presentes, dando os parabéns a todos aqueles que promoveram esta festa/feira.
Em jeito de balanço dos últimos 20 anos de trabalho à frente dos destinos da Câmara Municipal, Joaquim Barreto, que a 29 de setembro abandona a presidência da autarquia por força da lei da limitação dos mandatos autárquicos, falou aos presentes do enorme contentamento pela obra realizada em todas as freguesias.
Encontro das concertinas
Encontro das concertinas
“Sentimo-nos satisfeitos pela forma como a população se envolveu na construção de um novo concelho, de novas freguesias, de infraestruturas e equipamentos que os cidadãos estão a saber usar de forma brilhante”. E regozijou-se: “esta festa, que conta já com 11 anos, tem vindo a crescer ao nível da participação e da adesão do público e é gratificante verificar que, de ano para ano, surgem novas associações”.
O autarca mostrou ainda, particular, satisfação “por termos contribuído, dinamizado e impul-sionado as pessoas para a criação de novas associações”.
Joaquim Barreto fez uma retrospetiva dos últimos anos de progresso em Cabeceiras de Basto (S. Nicolau), recordando as obras mais emblemáticas realizadas na freguesia, como por exemplo, o parque de estacionamento, o palco, o polidesportivo, a praia fluvial, “um conjunto de equipamentos que ajudam a dar visibilidade às iniciativas levadas a cabo” na freguesia.
E garantiu: “da nossa parte temos procurado dar todo o apoio para que as associações e coletividades, de uma forma autónoma e livre, desenvolvam as suas iniciativas e cumpram com os objetivos que estão previstas nos seus estatutos”, disse agradecendo também a forma como as associações têm colaborado com o Município ao longo dos anos.
E prosseguiu: “nós temos colaborado com todas as entidades: com a Fundação A.J. Gomes da Cunha na beneficiação das instalações na construção do lar; com a Associação Cultural e Desportiva de S. Nicolau de Basto no arranjo do seu campo de jogos; com o Rancho Folclórico de S. Nicolau para a construção da sua sede, fazendo diligências junto do Governo e, naturalmente, quando nós verifica-mos que as entidades oficiais apoiam e as associações fazem o seu trabalho, nós sentimo-nos especialmente felizes”, terminou.


















© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.