Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 26-08-2013

SECÇÃO: Política

PS apresenta à Câmara lista renovada e politicamente "muito forte"

China Pereira é o candidato socialista que pretende iniciar um novo ciclo que dê, contudo, continuidade ao trabalho desenvolvido pelos autarcas do Partido Socialista ao longo dos últimos vinte anos na promoção do desenvolvimento local e do bem-estar das populações. Foram anos de intensa atividade política, social e económica que ficam marcados pela construção de infraestruturas básicas, acessibilidades, equipamentos coletivos, recuperação de património e da realização de iniciativas promotoras da valorização da história e da cultura local que importa agora aprofundar e qualificar.
China Pereira é médico em Cabeceiras de Basto há trinta e dois anos e tem desenvolvido igualmente intensa atividade cívica e política. A sua enorme experiência política, de mais de trinta e cinco anos, advém do facto de ter sido vereador da Câmara Municipal, conjuntamente com Joaquim Barreto, em oposição ao PSD e, mais tarde, a partir de 1994 até 2001, vereador e vice-presidente da Câmara socialista sendo, ainda, desde 2005, o Presidente da Assembleia Municipal. Foi também Presidente da Comissão Política do PS de Cabeceiras de Basto. A sua participação na sociedade civil ficou também marcada pela sua atividade enquanto presidente da Direção dos Bombeiros Cabeceirenses ao longo de doze anos.
De acordo com um militante do PS de Cabeceiras de Basto, “China Pereira será um Presidente da Câmara a tempo inteiro assumindo as responsabilidades, atribuições e competências do cargo de Presidente da Câmara ao qual se candidata, depois de ter sido eleito democraticamente pelos militantes do PS em eleições nos órgãos próprios e com legitimidade para fazerem essa escolha”. E afiançou: “China Pereira é um homem bom, sério, trabalhador, generoso, determinado, com uma visão própria de defesa do interesse público e das pessoas em detrimento de interesses particulares e ambições pessoais”.
Na lista à Câmara Municipal divulgada, seguem-se: Francisco Alves, autarca de referência, Presidente da Junta de Freguesia de Refojos de Basto, desde 2001. É reconhecida pelos habitantes de Refojos a sua dedicação à causa pública. É um funcionário das Finanças em Cabeceiras de Basto muito estimado pelos contribuintes. “A sua experiência política de tantos anos de dedicação ao serviço público é uma garantia de uma boa prestação política”, refere a mesma fonte do PS;
Isabel Coutinho, recentemente eleita líder do Departamento Nacional das Mulheres Socialistas, é professora na Escola Básica e Secundária de Cabeceiras de Basto onde exerceu anterior-mente o cargo de presidente do Conselho Executivo. Foi deputada na Assembleia da República. Foi também Presidente da Comissão Política do PS de Cabeceiras de Basto. “A sua grande intervenção política a nível nacional, regional e local é uma mais-valia para o exercício das funções que vier a assumir no executivo camarário”, acrescenta a mesma fonte;
Adriano Valente, bancário, é autarca na freguesia do Arco de Baúlhe. É o Presidente da Comissão de Festas da Senhora dos Remédios. “É possuidor de grande simpatia e empatia com as pessoas da sua terra que se reveem nele como defensor das causas dos Arcoenses”, justificou o referido militante;
Alfredo Magalhães foi Presidente da Junta de Freguesia de Cavez. Foi também candidato nas listas do PS à Assembleia da República pelo círculo da Europa. Atualmente, é membro da Assembleia Municipal. “É um cidadão muito voluntarioso com uma grande entrega e dedicação às causas públicas na defesa das populações das gentes de Cavez”, afirmou a fonte;
Etelvina Evangelho, natural de Cavez, é uma funcionária da Câmara Municipal “muito atenciosa para com os Munícipes e muito competente que prestigia a função pública”, realçou a fonte.
Acompanham, ainda, China Pereira nesta lista: Paula Gonçalves, socióloga, funcionária do IEFP, atualmente ligada à formação profissional; Fernando Correia, economista, empresário, gestor do Santuário de S. Bento da Porta Aberta, natural da freguesia de Cabeceiras de Basto e com forte ligação à sua terra natural; Dores Pacheco, educadora de infância, no Arco de Baúlhe e residente em Pedraça; Cândida Ferreira, empresária, ex-presidente da Junta de Freguesia de Painzela; Daniel Barroso, engenheiro, técnico da Mútua de Basto com grande ligação aos agricultores; Cecília Carvalho, ex-presidente da Junta de Freguesia de Vilar de Cunhas; Margarida Coutinho, atual vice-presidente da Câmara Municipal e Irene Fontes técnica superior da Câmara Municipal.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.