Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 21-01-2013

SECÇÃO: Informação

FESTA DA ORELHEIRA E DO FUMEIRO

foto
de 8 a 11 de fevereiro


Cabeceiras de Basto prepara-se para acolher mais uma edição da Festa da Orelheira e do Fumeiro. Uma iniciativa que terá lugar pela 17ª vez consecutiva, desta feita no pavilhão desportivo da vila.
Organizada pela Câmara Municipal e pela Emunibasto, espera-se a presença de dezenas de produtores/expositores, provindos deste concelho como de outros limítrofes como são Montalegre, Boticas e Vieira do Minho. Potenciar e promover os produtos genuínos da terra, permitindo dar continuidade a uma estratégia de apoio à agricultura tradicional e, simultaneamente, à dinamização sócio-económica e cultural do concelho, são objetivos deste certame que anualmente atrai milhares de pessoas de toda a região e vários pontos do país.
Assim, durante quatro dias, espera-se a comercialização de produtos de fumeiro, mas também de artesanato, vinho, mel, compotas, doces regionais, entre outros produtos de época que podem também ser adquiridos e também apreciados na tasquinha devidamente preparada para pormover a gastronomia local.
A Festa da Orelheira e do Fumeiro de Cabeceiras de Basto que coincide com o Domingo Gordo da quadra festiva que vamos a travessar – o carnaval – apresenta-se como uma mostra de produtos de qualidade reveladores dos saberes e dos sabores daqueles que persistem na sua ligação à terra.
Este evento com dimensão regional, integra ainda um programa lúdico e cultural diversificado que durante quatro dias promete animar o espaço. Contribuir para a promoção do desenvolvimento local e regional; criar sinergias entre produtores do concelho e novos atores sociais; dinamizar a economia do concelho; criar novas oportunidades laborais e fomentar o desenvolvimento deste território e o bem estar da sua gente, mantendo a identidade rural desta terra, são assim objeto desta Festa da Orelheira e do Fumeiro de Cabeceiras de Basto, que o executivo municipal pretende continuar a aprofundar, valorizar e a divulgar.
De referir que associado à ruralidade, assente num legado patrimonial que urge defender e promover, está a hospitalidade das gentes desta terra localizada entre o Minho e Trás-os-Montes e por isso, com especificidades únicas.
A diversidade, o território, o micro-clima, a componente social, os usos e costumes e as tradições, imprimem dinâmicas sócio-económicas e culturais que segundo apuramos, a organização deste tipo de eventos pretende potenciar, no âmbito de estratégias definidas pelo Município Cabeceirense que incidem numa ação diversificada e envolvente, que agrega vários agentes locais, tais como Câmara, Emunibasto, associações e agricultores, de modo a criar riqueza, emprego e reforçar a economia local.
O incentivo à criação de raças autóctones como é o caso do porco bísaro (tradicional nesta região, criado em espaço livre, entre as serras da Cabreira e do Barroso que garante uma carne macia e saborosa, que por tradição e qualidade é totalmente aproveitada) e à produção artesanal do fumeiro, contribui igualmente para salvaguardar todo este património gastronómico, que associado ao artesanato e à riqueza do mundo rural, pode simultaneamente representar novas e empreendedoras oportunidades laborais sobretudo para uma camada mais jovem da população que paulatinamente tem vindo a aderir a este projeto, com a criação de micro-empresas ligadas ao setor e a criação de cozinhas regionais.
A Festa da Orelheira e do Fumeiro é uma iniciativa cuja importância tem vindo a consolidar-se ao longo das várias edições deste certame, resultante de um aturado e relevante trabalho que Cabeceiras de Basto vem desenvolvendo, apresentando-se muitas vezes a Câmara Municipal, como pioneira na dinamização de iniciativas capazes de fixar as gentes à terra, perseguindo um desenvolvimento sustentado para e com as pessoas. De referir que o fumeiro é um negócio em ascensão que leva a reboque o turismo e o desenvolvimento rural.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.