Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 03-12-2012

SECÇÃO: Informação

I Concurso de Ilustração Infantil muito participado

Com o intuito de estimular a criatividade e o imaginário infantis, sensibilizar as crianças para o importante património edificado do concelho e incentivar o desenvolvimento de competências relacionadas com a prática da expressão artística, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, através da Biblioteca Dr. António Teixeira de Carvalho, lançou, pela primeira vez este ano, o Concurso de Ilustração Infantil, que teve oito vencedores.
Este primeiro concurso, inserido no plano de ação da Câmara Municipal, colocou em destaque a expressão artística infantil e juvenil contribuindo, assim, para incentivar ‘o interesse por descobrir, aprender, crescer, divertir e sonhar’ dos mais novos.
Foram muitos os concorrentes que aderi-ram a este concurso que teve incidência nos 1º e 2º, 3º e 4º e 5º e 6º anos de escolaridade, dividindo-se assim, em várias cate-gorias.
Saíram vencedores na primeira categoria (1º e 2º anos), Inês do Mar Abreu Oliveira Urjais, do Centro Escolar Padre Dr. Joa-quim Santos e Angélica Guimarães Nogueira, da Escola Básica de Cavez, alcançando o 1º e 2º lugares respetivamente; na segunda categoria (2º e 3º anos), Ângela Patrícia Magalhães Moura, Duarte Pereira Teixeira de Carvalho e Fábio Rafael Oliveira Magalhães, todos a frequentar o Centro Escolar do Arco de Baúlhe, posicionaram-se em 1º, 2º e 3º lugares respetivamente; na terceira categoria (5º e 6º anos) foram vencedores Ana Rita Marinho dos Santos, da Escola Básica 2,3 do Arco de Baúlhe, Erica Teixeira Gomes, da Escola Básica e Secundária de Cabeceiras de Basto e Ana Manuela Carvalho Couto, também da Escola Básica e Secundária de Cabeceiras de Basto, que se classificaram em 1º, 2º e 3º lugar respetivamente. Os prémios a atribuir em material pedagógico didático, serão entregues em data ainda a definir.
De referir que os trabalhos apresentados em papel A4, recorrendo a materiais como caneta de feltro, lápis de carvão, aguarelas, guache e tinta a óleo, foram apreciados por um júri indicado pela Câmara Municipal que teve como principais critérios de avaliação a criatividade e originalidade no tratamento do tema proposto, bem como na demonstração de competências de expressão artística.
De referir ainda que o I Concurso de Ilustração Infantil foi desenvolvido durante a Semana da Educação que teve lugar de 22 a 26 de Outubro em Cabeceiras de Basto, um evento que durante esta semana envolveu agentes educativos, comunidade escolar e comunidade em geral em atividades diversas que passaram pela leitura, expressão plásticas, teatro, ações de sensibilização, entre outras iniciativas que agregaram a comunidade escolar em particular e a população em geral em torno desta iniciativa e durante a qual foram proporcionadas novas abordagens educativas.


© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.