Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 01-10-2012

SECÇÃO: Concelho em acção

Ecopista: execução de ajardinamentos na Estação do Arco de Baúlhe

No âmbito da empreitada de construção da Ecopista da Linha do Tâmega - troço do Concelho de Cabeceiras de Basto, entre a freguesia de Vila Nune e Arco de Baúlhe, as brigadas municipais estão a executar os ajardinamentos na Estação do Arco de Baúlhe.
A Ecopista permitirá aos visitantes um contacto mais próximo com o património natural, arquitetónico e histórico, de que é exemplo a Estação do Arco de Baúlhe, onde atualmente está sediado o Museu das Terras de Basto.
A Ecopista percorre uma das mais belas linhas ferroviárias do país, permitindo um contacto direto com as paisagens verdejantes, com as aldeias e com o Rio Tâmega, que acompanha de perto a Ecopista em toda a sua extensão.
Este projeto, que se inclui na Rede Europeia de Vias Verdes, tem o seu início em Amarante e término na freguesia do Arco de Baúlhe, concelho de Cabeceiras de Basto.
Além da recuperação deste belo trajeto da Linha do Tâmega, a Câmara Municipal tem em vista a agregação de outras valências que permitam a valorização do património local e transformem este projeto numa referência sociocultural, económica e turística.
Quando concluída, a Ecopista da Linha do Tâmega atravessará os municípios de Amarante, Celorico de Basto e Cabeceiras de Basto, numa extensão de quase 40 quilómetros.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.