Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-07-2012

SECÇÃO: Informação

Cabeceiras Verde - Câmara informa
Como diminuir o consumo energético nos equipamentos de frio (frigoríficos, combinados e arcas)

Cerca de 20 % da energia é consumida em equipamentos de frio (frigoríficos, combinados e arcas). No entanto estes consumos podem ser diminuídos já, sem custos, implementando as seguintes dicas:
· manter o frigorífico afastado de fontes de calor (fogão, janelas) é muito importante para manter a sua eficiência energética, pois quanto mais este aquecer mais vai ter que trabalhar para arrefecer, e consequentemente consumir mais energia;
· não abrir a porta desnecessariamente e reduzir o tempo de abertura, retirando tudo o que precisa de uma só vez e rapidamente pois 20% do consumo global dos equipamentos de frio são devidos às aberturas das portas;
· manter o controlo de temperatura do frigorífico entre os 3ºC e 4ºC e do congelador nos -18ºC;
· não encher demasiado o frigorífico;
· manter os alimentos bem tapados;
· deixar arrefecer os alimentos antes de os colocar no frigorífico porque senão o frigorífico vai ter que trabalhar mais para baixar a sua temperatura;
· afastar a grelha traseira (condensador), no mínimo cerca de 10cm da parede, e limpá-la pelo menos uma vez por ano para evitar grandes acumulações de poeiras e consequente redução na eficiência de arrefecimento do frigorífico, causando maior consumo de energia;
· quando se ausentar por tempo prolongado (mais de 4 semanas), esvaziar o(s) seu(s) equipamento(s) de frio e desligá-lo(s);
· evite a acumulação de gelo nas paredes do congelador, através de uma limpeza regular, pois a formação dessas camadas leva ao aumento no consumo de energia;

O que pode fazer ainda:
· verificar as borrachas de vedação dos equipamentos de frio, colocando uma folha de papel entre a borracha e a porta: se a folha ficar solta, a porta não está a fechar convenientemente e a borracha deverá ser substituída;
· optar por um equipamento que vá ao encontro das suas necessidades - tamanho da família, periodicidade das compras, volume de congelação e de refrigeração;
· optar pelos frigoríficos e arcas de classe energética A+, A++ ou A+++ pois proporcionam uma poupança de cerca de 20%, 40% e 60%, em comparação com os de classe A.

Um conselho amigo da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto no âmbito do plano para a racionalização de consumos e eficiência energética.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.