Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-07-2012

SECÇÃO: Informação

Centro Hípico acolheu Festa da Saúde e da Solidariedade e Convívio ‘Mais Vida’ com cerca de 900 idosos

Autarcas do Município visitaram todos os expositores deste certame
Autarcas do Município visitaram todos os expositores deste certame
Centenas de pessoas participaram nos dias 14 e 15 de julho na Festa da Saúde e Solidariedade e Convívio ‘Mais Vida’, uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e pela Basto Vida, com o apoio da Emunibasto.
Tendo como cenário o Centro Hípico de Cabeceiras de Basto, a festa pretendeu abordar as temáticas da saúde e da solidariedade; informar e sensibilizar a população local para a necessidade de adotar hábitos saudáveis, quer através de uma alimentação cuidada e equilibrada, quer através da prática do exercício físico; promover a realização de rastreios e aconselhamento especializado; e dar a conhecer à comunidade em geral os serviços, os equipamentos e as respostas disponíveis no concelho.
O certame foi inaugurado pelos presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto e Dr. China Pereira, acompanhados dos vereadores Dr. Jorge Machado, Margarida Coutinho, Dr. Domingos Machado, Francisco Pereira, dos presidentes das Juntas de Freguesia, da diretora da Basto Vida, Dra. Catarina Ramos e outros membros dos órgãos sociais desta cooperativa, da administradora da Emunibasto Dra. Fátima Oliveira, assim como membros da Assembleia Municipal, entre outros convidados.
Na oportunidade, a comitiva visitou os stands presentes no certame, cumprimentando os expositores representantes das 36 entidades ligadas à saúde e à solidariedade e os responsáveis pelas 4 unidades móveis que se associaram ao certame. Este momento serviu para as entidades presentes ligadas à saúde e à solidariedade divulgarem, junto da comitiva oficial e dos convidados, as atividades que desenvolvem neste território e das parcerias e trabalho em rede realizado em benefício da população cabeceirense.
No final, o presidente da Câmara, Eng.º Joaquim Barreto, agradeceu a presença e o envolvimento de todos nesta VII Festa da Saúde e Solidariedade e Convívio ‘Mais Vida’, desejando os maiores sucessos para o futuro. Nesta comunicação, o autarca congratulou-se e salientou a importância do trabalho e das respostas disponíveis no concelho. Destacou o trabalho da Comissão Municipal de Proteção de Pessoas Idosas de Cabeceiras de Basto que tem vindo a identificar e a encontrar resposta para situações de pessoas idosas em risco, agradecendo ao conjunto de parceiros que com o Município têm colaborado. Lamentou o facto destas comissões não serem reconhecidas pelo poder central e não terem, por isso, apoios que se justificam num tempo em que a esperança média de vida é elevada e os problemas com as pessoas idosas, sejam de saúde ou outros problemas sociais aumentam.
Destacou, igualmente, o extraordinário trabalho que tem sido desenvolvido pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Cabeceiras de Basto, referindo que é para os Cabeceirenses um orgulho saber que o trabalho desta comissão é reconhecido a nível nacional pelos mais altos responsáveis que tutelam este setor, que o dão como referência e exemplo.
Coincidindo esta data com o termo do mandato da presidência de Rosa Miranda à frente desta comissão, o presidente da Câmara agradeceu publicamente o esforço, empenho e dedicação da presidente cessante e também de Ana Celeste Vilas e dos restantes membros das comissões restrita e alargada.
Saudou o novo presidente da CPCJ, Francisco Alves, desejando-lhe as maiores felicidades no desempenho desta nova função, conjuntamente com todas as pessoas que com ele vão continuar o trabalho na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens.
Centenas de pessoas associaram-se à Festa da Saúde e Convívio Mais Vida
Centenas de pessoas associaram-se à Festa da Saúde e Convívio Mais Vida
Sob o mote ‘Viver Mais, Viver Melhor’, a Festa da Saúde e Solidariedade promoveu rastreios e aconselhamento especializado, bem como ateliês pedagógicos e de artes plásticas organizados pelos programas Basto Jovem e Etapas e pela ADIB – Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto.
O workshop subordinado ao tema ‘Cuidar na Demência’, promovido pela Associação Gestos que Cuidam, contou com a intervenção da enfermeira Ana Sofia Taborda, que abordou a doença de Alzheimer, e ainda com a presença da educadora social gerontológica, Dra. Marisa Sousa, cuja intervenção assentou numa componente prática dirigida aos cuidadores informais e ao público em geral sobre esta doença, recorrendo a exercícios práticos de demonstração sobre as boas práticas a adotar pelos cuidadores.

Almoço-convívio juntou centenas no Centro Hípico

Cerca de 900 pessoas, com mais de 60 anos de idade, participaram no almoço/convívio integrado no programa da Festa da Saúde e Solidariedade, que decorreu no dia 15 de julho em Vinha de Mouros, junto ao Centro Hípico de Cabeceiras de Basto, e ao qual se associaram os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Eng.º Joaquim Barreto e Dr. China Pereira.
Durante essa manhã de domingo, os seniores visitaram a exposição integrada nesta festa dedicada à saúde e à solidariedade e realizaram diversos rastreios de saúde promovidos pelas entidades ligadas a este setor presentes no certame.
No arranque do almoço/convívio anual dirigido à população sénior do concelho, Joaquim Barreto e China Pereira passaram por todas as mesas, cumprimentando os presentes e desejando uma boa tarde de convívio, com muita animação e alegria.
Numa breve alocução que o presidente da Câmara dirigiu aos presentes, já depois do almoço, Joaquim Barreto afirmou que esta festa é pensada para as pessoas, numa perspetiva de lhes proporcionar “mais felicidade, mais e melhor qualidade de vida”.
Referindo-se aos críticos destas iniciativas, o autarca disse que “não é que eles não queiram estas festas, o que quereriam era estar cá eles”.
Aproveitou a oportunidade para fazer um paralelo entre o que não existia há 18 anos atrás, quando assumiu a presidência da autarquia, e o que existe hoje, feito e construído na procura da melhoria do bem-estar e da qualidade de vida dos Cabeceirenses.
Falou, ainda, das aldeias que estavam isoladas, dos equipamentos que não existiam e das iniciativas que não se realizavam. E disse: “hoje temos bons acessos para todas as aldeias, temos abastecimento de água, temos saneamento, temos equipamentos e proporcionamos um conjunto de atividades e iniciativas sociais, culturais entre outras que combatem a solidão e promovem o convívio entre os Cabeceirenses”.
Joaquim Barreto deixou, ainda, uma palavra de sentido reconhecimento e gratidão a todos os voluntários que “vestiram a camisola do voluntariado e do concelho demonstrando o quanto gostam da sua terra, de Cabeceiras de Basto”.
China Pereira elogiou o trabalho, empenho e dedicação da organização desta festa, realçando a sua importância para as populações e destacou a muita obra feita pela Câmara Municipal nestes últimos 18 anos, sem nunca esquecer as pessoas, designadamente os seniores, que muito contribuíram para a economia local e nacional”.
Caminhadas, passeios de bicicleta, atividade física, hidroginástica, hipoterapia, dança e muita música proporcionada pelo grupo Água Viva, pelas concertinas de Cabeceiras de Basto, pelos Espaços de Convívio e Lazer (ECL) com várias danças, pelos Rapazões da Venda Nova, pelo Rancho Folclórico de Arosa e pelos conhecidos cantadores ao desafio Carvalho de Cucana e Lopes de Travassô e outros animadores espontâneos completaram o programa desta iniciativa.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.