Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 09-07-2012

SECÇÃO: Desporto

Corridas de Cavalos a trote e atrelado proporcionaram espetáculo

foto
Próxima corrida agendada para 26 de agosto

O Hipódromo Municipal de Cabeceiras de Basto, localizado na freguesia de Abadim, foi uma vez mais palco para as corridas de cavalo – a trote atrelado e a galope - marcadas pela competição e pelo espetáculo.
A iniciativa que teve lugar no dia 1 de julho, em plena Serra da Cabreira esteve a cargo da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e da empresa Emunibasto e contou com o apoio da Liga Portuguesa de Criadores de Cavalos de Corrida e da Fundação Alter Real.
foto
Milhares de pessoas assistiram ao longo da tarde às provas nas quais participaram cavalos de origem francesa, espanhola e portuguesa, dando lugar a competições muito disputadas, a contar para o Campeonato Nacional de Trote e Galope.
Uma jornada desportiva que integrou cinco mangas que foram disputadas por cerca de quatro dezenas de cavalos e respectivos jóqueis alguns provindos de espanha.
foto
Espectáculo e competição marcaram presença nesta que foi mais uma prova realizada naquele recinto desportivo inaugurado em Julho de 2009.
Na oportunidade, foi anunciado, para gáudio do público presente e dos adeptos desta modalidade, a próxima Corrida, que terá lugar no dia 26 de Agosto, naquele Hipódromo Municipal.
A assistir esteve o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Engº Joaquim Barreto, o vereador Francisco Pereira, a administradora da Emunibasto, Profª Stela Monteiro, dirigentes da Liga Portuguesa de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corridas, entre outros especialistas, técnicos e adeptos dos equídeos.
A realização anual de várias provas neste hipódromo, é reveladora de uma forte dinâmica no sector, resultante da bem sucedida aposta Municipal na valorização e na promoção das raças cavalares seja através da promoção de eventos desportivos, seja através da construção de equipamentos e infra-estruturas capazes de proporcionar espaços de debate, de fruição, de valorização e de divulgação do ramo equestre.
De referir que tradicionalmente o cavalo é um animal que está associado às gentes de Basto, que ao longo dos tempos o utilizou sobretudo para fins agrícolas, de lazer e mobilidade.
Hoje, com uma nova função, mais desportiva e de lazer, continua a ser forte o apreço que o povo tem por este animal, apreço que esteve também, subjacente à construção do Centro Hípico e do Hipódromo Municipal, que associados à dinamização de projectos diversos em parceria com outras entidades procuram a todo o tempo gerar dinâmicas que promovam as referidas infra-estruturas, as potencialidades deste terra e o desenvolvimento do turismo local, que liga áreas como os tempos livres, desporto, economia, social e cultural, vertentes que se pretendem continuar a potenciar.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.